sexta-feira, 24

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Secretário de Saúde de SC admite que Estado está entrando em colapso

Últimas Notícias

- Ads -

Ele pediu aos prefeitos que estabeleçam regras mais restritivas de circulação de pessoas

 

 

Em mensagem enviada para grupos de WhatsApp de prefeitos e secretários municipais de Saúde, o secretário de Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, admite que o sistema hospitalar está entrando em colapso no Estado.

 

 

 

Na mensagem, ele pede aos prefeitos que adotem medidas emergenciais para reduzir a circulação de pessoas em todo o Estado. A mensagem foi enviada na manhã desta quinta-feira, 25. Pouco depois, em entrevista ao programa Fala Cidade, da 98FM, o prefeito de Canoinhas, Beto Passos (PSD) admitiu que a situação é gravíssima e anunciou que medidas ainda mais restritivas devem ser tomadas em decreto a ser publicado ainda nesta quinta.

 

 

 

Há uma fila de espera por leitos de UTI Covid para adultos em Santa Catarina. O colunista Ânderson Silva, da NSC TV, teve acesso a dados internos da Secretaria de Estado da Saúde, que apontam pelo menos 50 pessoas aguardando por uma unidade de terapia intensiva dentro do sistema de regulação estadual. Mas, segundo fontes da pasta, o número é ainda maior porque somente são enviados para o controle interno os pacientes com condição de transporte para longas distâncias no caso de transferência.

 

 

 

 

 

Leia a mensagem enviada pelo secretário de Saúde André Motta Ribeiro:

 

 

 

“Bom dia!

 

 

 

 

Preciso informar a todos que a situação da pandemia deteriorou no Estado todo e, a exemplo do que acontece nas regiões mais a oeste, estamos entrando em colapso!

 

 

 

 

Todos os esforços de Estado e municípios, até então, são insuficientes em face à brutalidade da doença. Infelizmente, percebe-se fenômeno similar no resto do País. Solicito aos gestores municipais que tomem medidas emergenciais para diminuir significativamente a circulação das pessoas, mantendo apenas serviços essenciais e que convoquem toda a força de trabalho da Saúde para o enfrentamento. Estamos mobilizados para fazer todo o possível para diminuir sofrimentos impostos às pessoas , mas a força e a gravidade deste momento estão suplantando o resultado das nossas ações.”

 

 

 

 

André Motta Ribeiro

Secretário de Estado da Saúde de SC