quinta-feira, 22

de

fevereiro

de

2024

ACESSE NO 

Rede municipal de Canoinhas segue pedindo carteira de vacinação de alunos; Estado descarta

Imagem:Arquivo

Últimas Notícias

- Ads -

Polêmica tende a ser judicializada

REDES

- Ads -

A rede municipal de ensino de Canoinhas segue exigindo que pais ou responsáveis por efetuar a matrícula/rematrícula de alunos apresentem a carteira de vacinação da criança em dia. É preciso, ainda, uma declaração de atualização do quadro vacinal, emitida pelas Unidades Básicas de Saúde.

Nas escolas estaduais, contudo, não há mais exigência da carteira de vacinação para garantir a vaga. O governador Jorginho Mello (PL) publicou um vídeo nesta semana que foi divulgado nas redes sociais, afirmando que de nenhum estudante da rede pública estadual será exigida a comprovação de vacinação. Segue a cartilha bolsonarista e agrada o eleitorado do capitão que, afinal de contas, lhe deu o mandato.

Municípios que estão seguindo o exemplo de Mello, como Blumenau e Joinville, já têm a medida questionada na Justiça. O PSOL entrou com ações na semana passada contra as prefeituras das duas cidades. Até lá, os decretos, municipais ou estadual, seguem em vigor. As aulas na rede pública estadual serão retomadas no dia 15 de fevereiro.





SEGURANÇA NAS ESCOLAS

A vereadora Tatiane Carvalho (MDB) quer saber que providência a Secretaria Municipal de Canoinhas tomou com relação ao vácuo deixado pela falta de vigilantes nas escolas. Requerimento aprovado nesta terça-feira, 6, quer saber sobre “a viabilidade da contratação de segurança para as escolas, e considerando a iminência do retorno das aulas, informações claras e precisas sobre a previsão para a contratação dos seguranças. É fundamental que sejam estabelecidos prazos e medidas concretas para assegurar que as escolas estejam devidamente protegidas quando as aulas forem retomadas.”






NOVO GESTOR

Depois de um longo vácuo com a saída de Jean Dondé, a prefeita Juliana Maciel Hoppe (PL) empossou novo gestor da Fundação de Esportes de Canoinhas. É o professor Laércio, figura famosa no meio esportivo canoinhense.




SISTEMA

Professores têm reclamado do novo sistema de cadastramento de aulas e de notas implementado pelo Município de Canoinhas. Vereadora Tatiane Carvalho (MDB) está questionando se haverá a disponibilização de equipamentos e internet para que os professores possam cumprir com as exigências deste sistema nas escolas.




INTERIOR

Com um vasto interior (nem tudo no Google Maps), as placas de sinalização das localidades e distritos são fundamentais para garantir mobilidade. Por isso, o vereador André Flenik (Podemos) pede a reforma e manutenção de todas as placas que indicam o acesso das localidades do interior de Canoinhas.





ABANDONO

Vereador Chico Mineiro (PL) chamou a atenção do Departamento de Trânsito de Canoinhas (Detracan) para a péssima situação de placas e faixas de sinalização em vários pontos da cidade. Do que a empresa que arrecada com o rotativo em Canoinhas, parte do valor tem de ser aplicado na manutenção das vagas.






PERDÃO

Alesc deu início ao ano legislativo em sessão nesta terça-feira / Rodolfo EspínolaAgência AL

O governador Jorginho Mello (PL) disse durante seu discurso de abertura do ano legislativo na Assembleia que estuda aumento de repasses por procedimentos de saúde e perdão de até R$ 210 milhões em dívidas de hospitais filantrópicos, como é o caso do Hospital Santa Cruz de Canoinhas.






“O governo trabalhou muito, se dedicou, e não vai ser diferente em 2024. Todos os secretários sabem que o governador e Santa Catarina tem pressa, e estaremos sempre aqui pedindo apoio e prestígio de cada um”

Do governador Jorginho Mello, na abertura do ano legislativo na Alesc, se dirigindo aos deputados







FALANDO EM ASSEMBLEIA

Por se tratar de um ano eleitoral, o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Mauro de Nadal (MDB), já antecipou que a Alesc deve ter um calendário especial de sessões, especialmente nos meses de agosto e setembro, quando ocorre a campanha eleitoral para a disputa a prefeito e vereados nos municípios. A tendência é que algumas sessões destes meses sejam antecipadas para as manhãs de terça e quarta-feira, nos meses de março a julho.




R$ 4,5 bilhões

Foi a arrecadação do Estado de Santa Catarina em janeiro, um recorde

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?