quinta-feira, 22

de

fevereiro

de

2024

ACESSE NO 

Vereadora de Canoinhas aponta inconstitucionalidade de PL e propõe outro projeto de corte de salários

Últimas Notícias

- Ads -

Prefeita Juliana Maciel Hoppe propôs corte de R$ 1 mil no próprio salário e dos vereadores

CORTES

- Ads -

A Câmara de Vereadores de Canoinhas começou a discutir no retorno das atividades para o último ano da atual gestão, nesta segunda, 5, projeto de lei de autoria da vereadora Tatiane Carvalho (MDB), que corta parte dos subsídios de diversos servidores.

O PL, explica a vereadora, vem como resposta a outro projeto apresentado pela prefeita Juliana Maciel Hoppe (PL) que propunha basicamente o mesmo. “O projeto (da prefeita) é inconstitucional. Cabe a Câmara propor projetos desta natureza”, afirma.

O projeto da vereadora reduz em 8,55% os subsídios mensais do prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários municipais e supervisores 1 e 2 do quadro funcional da prefeitura de Canoinhas.

Com este percentual, calcula a vereadora, a economia anual chega a R$ 418,1 mil. “Essa economia pode ser usada para financiar serviços públicos essenciais como saúde, educação e segurança. Também pode ser usado para reduzir a dívida pública do Município”, diz Tatiane.

Hoje, o salário de prefeito de Canoinhas é de R$ 25,1 mil. Seu vice recebe R$ 18.466. O salário de vereador está em R$ 11,7 mil.

Os secretários municipais recebem R$ 13,5 mil. Supervisores 1 recebem R$ 6,8 mil e supervisores 2 auferem R$ 5,4 mil mensais.

Bom lembrar, o projeto pode até passar neste ano, mas só vale para a próxima legislatura.







TEMPO

Vereador Mauricio Zimmermann (PL) lembrou que o tomógrafo avaliado em R$ 1 milhão foi comprado há pouco mais de dois anos. Uma conquista do ex-vice-prefeito Renato Pike (PL) junto ao governador Carlos Moisés (Republicanos). O conserto do equipamento, estragado desde o fim do ano passado, está orçado em R$ 160 mil. Projeto de lei que libera esse recurso pelo Município foi discutido ontem à noite na Câmara de Canoinhas.

O projeto passou nesta segunda em primeira votação, mas os vereadores elaboraram requerimento com vários questionamentos como, por exemplo, quanto o CDI fatura com exames particulares.






“Os municípios da região vão contribuir com o quê?”

questionou a vereadora Zenilda Lemos (PL) sobre a prefeitura de Canoinhas bancar o conserto do tomógrafo do Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Santa Cruz. O aparelho atende a moradores de toda a região pelo SUS, mas também atende particular e convênios






POSSE

A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) realizou a primeira reunião de diretoria da Gestão 2024-2026 na quarta-feira, 31, na sede da Federação em Florianópolis, e entre as metas definidas pela diretoria é que a Facisc esteja em todos os municípios catarinenses até o final de 2026. “No final dos três anos da nossa gestão queremos estar presente nos 295 municípios do nosso Estado. Hoje estamos em 253 cidades. Com isso vamos fortalecer ainda mais a nossa representatividade. Isso só será possível com a participação de todos”, explica Elson Otto, presidente da Facisc.
 
Participou da reunião o empresário canoinhense Reinaldo de Lima Jr, que foi eleito vice-presidente regional Planalto Norte da Facisc. Reinaldo também é vice-presidente da Associação Empresarial de Canoinhas (Acic).



NA BERLINDA

O União Brasil de Canoinhas resolveu protocolar na Câmara um pedido de análise sobre a quebra de decoro do vereador Osmar Oleskovicz (PSD) no caso relacionado às palavras proferidas por ele, durante sessão da Câmara no ano passado, afirmando que para ter seus pleitos atendidos “só falta bater na prefeita”. “O partido quer análise e solicita providências da Casa”, diz o documento protocolado nesta segunda, 5.

“Não é uma sinalização pessoal do presidente do União Brasil ou do partido e seus membros contra o vereador. Porém, em nosso entendimento, o fato não pode passar em branco e ficar esquecido, para que outros não façam mais comentários misóginos, preconceituosos ou ainda pior, a violência física contra a mulher”, diz o presidente do UB, James Brey.







LUTO

O pai do secretário de Obras de Canoinhas, Gilmar Martins – o Gil Baiano -, Otacílio Martins de Souza, faleceu na manhã desta segunda-feira, 5.





SCHIOCHET

Deputado federal Fábio Schiochet / Câmara dos Deputados

O Tribunal Regional Eleitoral marcou para o dia 27 de fevereiro o julgamento do pedido de cassação do mandato do deputado federal Fábio Schiochet (UB) por abuso de poder econômico.

O pedido foi formulado pelo suplente e ex-deputado Ricardo Alba, também do União Brasil.





ENQUADRADO

Silvinei Vasques / Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido de liberdade feito pela defesa de Silvinei Vasques, ex-diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que está preso desde agosto do ano passado.

A defesa argumentou que Silvinei Vasques tem intolerância ao glúten, e que tem apresentado sintomas devido à falta de uma alimentação adequada na penitenciária.

Vasques é investigado por suspeita de interferência no processo eleitoral em 2022 ao implementar blitzes para dificultar o deslocamento de eleitores no segundo turno das eleições presidenciais, de acordo com inquérito da Polícia Federal.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?