domingo, 22

de

maio

de

2022

ACESSE NO 

Prefeito de Timbó Grande é obrigado a exonerar servidores por causa de nepotismo

Últimas Notícias

- Ads -

Exonerações se deram a partir de ação do Ministério Público

NEPOTISMO

A Promotoria de Justiça de Santa Cecília recebeu uma série de denúncias relacionadas a nomeações de servidores públicos municipais por parte do prefeito de Timbó Grande, Valdir Cardoso (PSDB). Para o Ministério Público (MPSC) há indícios de nepotismo.

A partir do alerta do MPSC, o prefeito exonerou uma agente política e três comissionados, todos com vínculos parentais com outros integrantes do poder executivo e legislativo. O MPSC ainda concedeu prazo para a exoneração de mais duas contratadas temporárias e a realização de processo seletivo para preencher as vagas.

A Promotoria de Justiça da comarca de Santa Cecília informa que vem atuando na apuração de denúncias de nepotismo em todos os municípios de sua abrangência.

O nepotismo ocorre quando um agente público usa de sua posição de poder para nomear, contratar ou favorecer um ou mais parentes. O nepotismo é vedado, primeiramente, pela própria Constituição Federal, pois contraria os princípios da impessoalidade, moralidade e igualdade.




FECHADO

O posto da Polícia Rodoviária Federal situado na BR-280, em Canoinhas, segue fechado e assim permanecerá pelo menos até o fim do ano. Segundo o chefe do posto de Mafra da PRF, Jaerilson Klippel, falta efetivo. A esperança é um concurso que deve nomear novos policiais no final do ano.

Acidentes que aconteçam no trajeto Porto União a Canoinhas dependem da vinda de policias de Mafra para cuidarem da cena.




TROCA DE COMANDO

Argos foi secretário de Administração dos governos do MDB em Canoinhas/Divulgação

O possível candidato do MDB ao Governo do Estado, Antídio Lunelli, atual prefeito de Jaraguá do Sul, tem dois canoinhenses como seus homens fortes. Em uma troca de comando, o até então diretor de Compras, Licitações e Suprimentos Douglas Conceição passou à função de secretário de Administração de Jaraguá do Sul em 2 de setembro. Argos foi exonerado no dia 1° e atua agora como administrador de negócios particulares de Lunelli.



UNGIDO

Divulgação

A Convenção da Assembleia de Deus em Santa Catarina, em reunião na manhã desta quarta-feira com a junta executiva e comissão pró-política, decidiu dar apoio incondicional a pré-candidatura do deputado Kennedy Nunes ao Senado Federal.

Kennedy faz parte da igreja desde a sua infância e é conhecido não apenas pelos 46 anos do grupo Dedos de David, mas também por suas atividades parlamentares iniciadas aos 18 anos em Joinville no combate a pedofilia, liberação das drogas, aborto e ideologia de gêneros.


MINHA CASA

Será lançado nos próximos dias pelo governo do Estado, segundo o colunista da NSC, Anderson Silva, um projeto que dará casas a pessoas de baixa renda em Santa Catarina. Os imóveis serão entregues em regime de comodato com regras a serem cumpridas pelos beneficiados, mas eles não precisarão pagar pelas estruturas. O programa se chamará SC Mais Moradia, e terá a participação dos municípios, os responsáveis pelos terrenos e pela operacionalização da construção.



NOME AFETIVO

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira, 29, projeto de lei que autoriza o uso do nome afetivo de crianças e adolescentes em processo de adoção nos cadastros das instituições de ensino, de saúde, de cultura e de lazer. A norma contempla os casos em que já houve concessão de guarda provisória. O texto é de autoria da deputada Paulinha (sem partido).


SAMU

Divulgação

Parlamentares e representantes da Secretaria de Estado da Saúde debateram, nesta quarta-feira, 29, os problemas na gestão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a necessidade de implantação de centros de referência para reabilitação pós-covid no estado. Os assuntos ganharam destaque na audiência pública sobre a prestação de contas do governo estadual na área entre maio e agosto de 2021.




ALÔ MP

Luciano Hang na CPI da Covid/Leopoldo Silva/Agência Senado

A CPI da Covid aprovou, durante depoimento de Luciano Hang nesta quarta-feira, 29, um requerimento para que o Ministério Público de Santa Catarina esclareça se tomou alguma providência quanto à prescrição de “tratamento precoce” ou “preventivo” pelas redes sociais, e quanto à distribuição de kit-Covid financiada por empresários em Brusque. O requerimento, de autoria do senador Randolfe Rodrigues, também pede ao Conselho Nacional do Ministério Público que informe se fiscalizou a atuação do MPSC.




“Foi uma das melhores participações que nós tivemos na CPI”

Do senador Jorginho Mello sobre depoimento de Hang





ATRASADA

Durante a reunião da Comissão de Economia da Assembleia Legislativa desta quarta-feira, 29, os deputados aprovaram Projeto de Lei de autoria da deputada Ana Campagnolo (PSL) que cria restrições para a edição de decretos estaduais de fechamento de estabelecimentos comerciais devido à pandemia de Covid-19. O texto busca impedir a imposição desse tipo de medida sem consulta prévia a representantes de empresas e trabalhadores.