quarta-feira, 6

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

MDB caminha para indicar Antídio Lunelli na disputa pelo governo catarinense

Últimas Notícias

- Ads -

Celso Maldaner e Dario Berger devem abrir mão da candidatura

(IN)DEFINIDO

Os três pré-candidatos do MDB ao Governo do Estado, Antidio Lunelli, Celso Maldaner e Dario Berger entraram em acordo e, segundo afirmam colunistas políticos de todo o Estado, bateram o martelo em torno da candidatura de Lunelli ao governo do Estado de Santa Catarina. O acordo teria sido fechado durante caravana de visitas a municípios do Vale do Itajaí. Eles tiveram reuniões com o prefeito de Blumenau Mario Hildebrant com quem falaram sobre a possibilidade de alianças com o Podemos.

Depois, a agenda foi com o prefeito Kleber Wan-Dall, de Gaspar. E a noite a comitiva esteve em Brusque com o prefeito Ari Vequi. Os deputados federais Carlos Chiodini e Peninha acompanharam. No fim do roteiro, uma foto comemorativa. Segundo fontes ligadas ao partido, Antídio deve ser o candidato a governador, Celso candidato a vice e Dario vai ao Senado. As conversas com outras siglas, porém, terão continuidade e alianças não estão descartadas.

O partido não confirma nem desconfirma a informação. Diz que em reunião da executiva estadual e bancada estadual previstas para a próxima semana, os líderes emedebistas discutirão os avanços das conversas sobre a composição da chapa a majoritária. A definição oficial só será divulgada após o encontro entre os líderes. “Vamos levar as conversas para nossa executiva e bancada, prevalecendo sempre a voz da maioria. Avançamos em conjunto com o senador Dário e o prefeito Antídio buscando a unidade”, destaca o presidente estadual do MDB, Celso Maldaner.




REAÇÃO

Após os rumores da chapa pura com definição de nomes para as Eleições de 2022 em Santa Catarina, o senador Dario Berger (MDB) reagiu. Imediatamente após a publicação da notícia em diferentes portais, o ex-prefeito da Capital negou o acordo.



MEU COMPUTADOR, MINHA VIDA

Vereadores de Bela Vista do Toldo estão requisitando que o Ministério Público devolva o computador que era usado pela contadora da Câmara e primeira-dama da cidade, Maria Emília Alberti, apreendido na quinta fase da Operação Et Pater Filium. Alegam que toda a contabilidade da Casa está lá o que inviabiliza pagamentos e afins.



LICENÇA PRÊMIO

Impedida de sair de casa por estar com tornozeleira eletrônica, a primeira-dama de Bela Vista do Toldo, Maria Emília Alberti, pediu licença prêmio do cargo de contadora da Câmara de Vereadores.



ARQUIVADO

Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) arquivou dois procedimentos instaurados em Santa Catarina para apurar suspeitas de irregularidades relacionadas à motociata do presidente Jair Bolsonaro em Chapecó, no dia 26 de junho. Um deles era um inquérito por desrespeito a regras de trânsito durante o evento e incluía o presidente da República e o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD).




NOVO MOMENTO

Secretário de Saúde André Motta Ribeiro/Arquivo

A Secretaria da Saúde de SC espera que, entre outubro e novembro, o Estado chegue a 70% ou 75% de vacinados com as duas doses. Esta é a meta das autoridades para agir com um pouco mais de “conforto”. Tanto que o próprio secretário André Motta falou ao programa Bom Dia SC, da NSC TV, sobre a possibilidade de derrubar a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos, em aproximadamente um mês.




HOSPITALAR

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira, 28, projeto de lei que assegura a presença de acompanhante, familiar ou cuidador, em caso de internação hospitalar por covid-19 de pessoa com deficiência ou pessoa com autismo. A proposta de autoria do deputado Nilso Berlanda (PL) é válida tanto para a rede pública quanto para a rede privada de saúde em Santa Catarina.



DEFININDO

Governador do RS, Eduardo Leite/Reprodução

O cenário nacional vai se definindo aos poucos. No PSDB, Tasso Jereissati declinou da candidatura em favor do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. João Doria deve bater chapa com o gaúcho no diretório tucano.