sexta-feira, 1

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

Enquete: 80% acreditam que Beto Passos é culpado de acusações da Et Pater Filium

Últimas Notícias

- Ads -

Para 84,8%, Renato Pike também é culpado

A julgar pela enquete realizada pelo JMais por 24 horas entre quinta-feira, 21, e sexta-feira, 22, com 660 pessoas cadastradas para receber as manchetes do JMais por meio do WhatsApp, Renato Pike (PL) não conta com o endosso da população para assumir a prefeitura, mesmo que consiga sair da cadeia. Para 84,8% dos participantes da enquete, ele é culpado das acusações que pesam contra ele, preso desde 29 de março na sétima fase da Operação Et Pater Filium.

Para 80,3% do eleitorado ouvido por meio da enquete que permitia apenas um voto por gmail logado, Beto Passos (PSD) também é culpado. Para 17,9%, o melhor é esperar para emitir opinião. Contudo, Beto renunciou ao mandato de prefeito, abrindo a vaga para Pike que, até o momento, não se pronunciou se pretende, ou não, assumir o cargo. Mesmo que Pike aceite a vaga, o efeito prático é simbólico, já que o então presidente da Câmara, Willian Godoy (PSD) já assumiu o cargo de prefeito em exercício considerando que Pike segue preso.

Também para 80,2% do eleitorado participante da enquete, outro político preso na mesma operação, Nilson Cochask (PSD), também é culpado. Para 18,5%, o melhor é esperar antes de emitir opinião. Cochask foi secretário de Obras de Beto e Pike e é acusado se unir a eles para fraudar licitações e comprar caminhões que teriam sido entregues a Joziel Dembinski, também preso, acusado de ser laranja dos três para entrar em licitações cujas vitórias teria sido garantidas pelos demais integrantes da suposta quadrilha, conforme sustenta o Ministério Público.

A enquete não é uma pesquisa e não tem nenhum valor científico. Veja os números: