quinta-feira, 16

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Sem vagas de UTI, Santa Catarina vai mandar pacientes para o Espírito Santo

Últimas Notícias

- Ads -

Após semana com mais óbitos na pandemia, Santa Catarina confirmou mais 80 óbitos nesta segunda-feira, dia 1º

 

 

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, disse nesta segunda-feira, dia 1º, que hospitais da capital Vitória devem receber pelo menos 15 pacientes graves com covid-19 vindos de Santa Catarina nesta quarta-feira, 3. A ação do governo capixaba vem no momento em que não há vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis no Estado de Santa Catarina. O mapa de vagas apontava ocupação acima dos 90% dos leitos de UTI em todas as regiões do Estado na noite desta segunda, porém, relatos de dentro dos hospitais indicam que há pessoas morrendo em leitos comuns à espera de leitos de UTI. Em Xanxerê pelo menos seis pessoas morreram dessa forma. Até mesmo em Canoinhas, pacientes graves são mantidos estabilizados no Pronto Atendimento aguardando uma vaga na ala covid do Hospital Santa Cruz, lotada desde dezembro passado. “Estamos com praticamente 20 Estados com dificuldade atender os pacientes, especialmente em UTI. Hoje abrimos 15 leitos para Santa Catarina, que apelou para nós para podermos viabilizar alguma ajuda. Santa Catarina entrou em colapso, então estamos abrindo 15 leitos”, disse Casagrande.

 

 

Amazônia e Rondônia já enviaram pacientes para o Espírito Santo. Segundo o portal A Gazeta, 46 pessoas dos dois Estados foram enviados para hospitais capixabas.

 

 

 

O secretário de Estado da Saúde de SC, André Motta Ribeiro, confirmou ao colunista Ânderson Silva, da NSC, a transferência de pelo menos 16 pacientes nos próximos dias. Segundo Motta, a transferência será de pacientes em intubação. O transporte deve ocorrer por aviões do Batalhão de Operações de Aéreas (BOA) e uma empresa terceirizada contratada pelo Estado. A ação irá priorizar pacientes que estão internados no Hospital Regional do Oeste (HRO) com indicação para transferência para UTI.

 

 

 

 

AUMENTO DE MORTES

Depois de uma semana com mais ocorrências de mortes em toda a pandemia, Santa Catarina inicia uma nova já com confirmação de mais 80 óbitos pela Secretaria de Saúde. O Estado chegou nesta segunda-feira, dia 1º, ao acumulado de 7.438 óbitos e 675.577 casos (mais 4.974 foram adicionados no balanço desta segunda). O índice geral de ocupação das UTIs públicas é de 95,4% e a de leitos adultos é de 99,1%, a mais alta da pandemia, gerando fila para internação, transferência de pacientes para o Espírito Santo e obrigando manobras inclusive de hospitais privados.