terça-feira, 26

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Presos na operação Et Pater Filium licitaram com cunhada de um deles em Major Vieira

Últimas Notícias

- Ads -

Os três dividiriam o valor de R$ 2,278 milhões em uma licitação realizada no mês passado

CORREÇÃO: O CONTRATO COM A PREFEITURA DE ITAIÓPOLIS DE JOZIEL DEMBISKI FOI ASSINADO EM 2020, NÃO NESTE ANO

Presos na Operação Et Pater Filium, o empresário Joziel Dembinski e o vereador Vilson Stelzner (PSL) venceram um processo licitatório para a contratação de horas de escavadeira hidráulica e caminhão basculante para uso da Secretaria de Obras e Serviços de Major Vieira no mês passado. Na disputa estava, ainda, Adiele Ferreira Vengue, que vem a ser cunhada de Joziel. Juntos, eles dividiriam o valor de R$ 2,278 milhões.

Os contratos, com vigência de 12 meses, são de R$ 654 mil para Joziel, R$ 954 mil para Adiele e R$ 670 mil para Stelzner. Cada um pegou parte dos cinco lotes colocados na licitação.

Homologação da licitação mostra divisão de valores entre os empresários/Reprodução

Os lotes se referem a serviços de escavadeira hidráulica no caso de Joziel e Adiele e de caminhão basculante para prestar serviços de transporte no caso do vereador Stelzner.

Ata de reunião do julgamento das propostas/Reprodução

Procurado, o Município de Major Vieira afirmou que o processo licitatório seguiu todos os trâmites previstos e que as três empresas venceram no menor lance, como é o procedimento em pregões. Contudo, afirmam, os serviços não foram prestados e, portanto, não foram pagos.

Segundo informou o secretário de Administração, Sergio Roberto Lezan, a licitação foi cancelada. Ele não informou se novo certame será aberto.


ITAIÓPOLIS E BELA VISTA

Joziel Dembinski também contratou com a prefeitura de Itaiópolis. Ele recebeu em licitações, em 2020, R$ 298.410,82. Adiele, por sua vez, também contratou com a Prefeitura de Bela Vista do Toldo no valor de R$ 259.200,00 em abril deste ano. Ela venceu uma licitação para prestação de serviços de retroescavadeira. Sua empresa, conforme é possível atestar ao consultar seu CNPJ junto à Receita Federal, foi constituída dois dias antes da abertura do processo licitatório, em 12 de abril de 2021. Conforme o portal da transparência da prefeitura de Bela Vista do Toldo não é possível saber se houve concorrência porque a ata do pregão não está disponível, somente o edital e a homologação da vencedora. No campo de fornecedores pagos pelo Município, contudo, Adiele não consta como credora.

Adiele mora em Monte Castelo e não foi localizada pela reportagem. Em suas fotos no Facebook, ela aparece com Joziel em uma festa de família.