Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

quinta-feira, 13

de

junho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Prêmio Adjori: JMais está entre os dez melhores sites do Estado

Últimas Notícias

Reportagem multimídia do JMais esteve entre finalistas

- Ads -

Criado em 1999, o concurso jornalístico da Adjori/SC destaca os melhores trabalhos do ano em quatro categorias – Área Acadêmica, Jornalismo Impresso, Jornalismo On-line e Publicidade & Propaganda, cabendo troféu ao vencedor e menção honrosa aos finalistas. Os premiados foram conhecidos em solenidade realizada em Florianópolis, no Hotel Faial Prime Suites, na noite de segunda-feira, 13.

A solenidade de premiação contou com a presença de mais de 250 profissionais da mídia, empresas de comunicação, patrocinadores, autoridades locais e estaduais, deputados estaduais e representantes de senadores.

A seleção dos melhores do ano mobilizou 55 membros do júri, distribuídos em quatro comissões julgadoras, integradas por professores, mestres, doutores, e profissionais do meio especialistas em suas áreas de atuação.

A Adjori é, em sua origem, uma associação de jornais impressos, mas desde o ano passado passou a aceitar veículos jornalísticos presentes somente na internet. A partir de então, o JMais passou a ser um dos primeiros sites associados.

No Congresso, foi lançada uma publicação que faz um ranqueamento baseado em número de acessos e engajamento nas redes sociais que coloca o JMais na 12ª posição no Estado entre 109 sites.


JORNALISMO ON-LINE

Paralelo ao ranking baseado em acessos e engajamento, o prêmio avaliado por jurados toma por base duas categorias. No Jornalismo On-line, os vencedores e finalistas nas subcategorias Site e Reportagem Multimídia foram selecionados a partir de trabalhos que obtiveram as cinco maiores notas dentre as 40 inscrições. A série de três reportagens denominada Templos de Fé, de Luiz Felipe Marschalk e Luiz Felipe Meyer Reinert, do JMais, esteve entre as cinco finalistas do Prêmio na categoria Multimídia, e se classificou entre os 10 melhores do ano em 2024.

  • Pena de Ouro – Testo Notícias, de Pomerode
  • Pena de Prata – Folha do Oeste, de São Miguel do Oeste
  • Pena de Bronze – Visor Notícia, de Itapema
 26 jornais de diferentes regiões do estado foram finalistas em quesitos das categorias Jornalismo Impresso, Jornalismo On-line e Publicidade e Propaganda/Mafalda Press



A partir da avaliação dos jurados outro ranking do Jornalismo On-line é divulgado. Ele se dá com a pontuação obtida pela soma das notas em dois quesitos: Site e Reportagem Multimídia. Disputaram a premiação, jornais que atuam no meio impresso e digital, e sites noticiosos, como é o caso do JMais. Em virtude de empates, 13 empresas jornalísticas figuram na galeria

– Testo Notícias, de Pomerode
– Folha do Oeste, de São Miguel do Oeste
– Visor Notícias, de Itapema
– Jornal dos Condomínios, de Florianópolis
– Jornal Metas, de Gaspar,
– O Município, de Brusque
– Jornal do Médio Vale, de Timbó
– Correio do Norte, de Canoinhas
JMais, de Canoinhas
– Olhar do Vale, de Brusque
– Imagem da Ilha, de Florianópolis
– Jornal A Semana, de Capinzal
– Jornal Perfil Multi, de Rio Negrinho



JORNALISMO IMPRESSO

No Jornalismo Impresso, 134 materiais, inscritos por 35 jornais, disputaram menção honrosa e troféus em oito quesitos. De Canoinhas, o jornal Correio do Norte ficou entre os finalistas na categoria site. Veja os jornais que mais somaram pontos:

  • Pena de Ouro – Testo Notícias, de Pomerode
  • Pena de Prata – FolhaSete, de Seara
  • Pena de Bronze – O Município, de Brusque





PUBLICIDADE E PROPAGANDA

Na Publicidade e Propaganda, foram entregues troféus e menções honrosas em três quesitos, com um total de 40 peças publicitárias em disputa.

  • Pena de Ouro – Testo Notícias, de Pomerode
  • Pena de Prata – A Semana, de Curitibanos
  • Pena de Bronze – Cabeço Negro, de Apiúna




ÁREA ACADÊMICA

Nesta 24ª edição da premiação, foram selecionados dez finalistas na Área Acadêmica (Graduação) dentre os 17 trabalhos inscritos, um recorde na história do concurso jornalístico da Adjori/SC. Por decisão da comissão julgadora, duas peças acadêmicas sagraram-se vencedoras, cabendo aos estudantes placas de reconhecimento. A Universidade do Oeste de Santa Catarina – instituição de ensino superior de dez dos 17 acadêmicos inscritos, inclusive dos vencedores – foi homenageada com um troféu.

PATROCÍNIO

A 24ª edição do Prêmio Adjori/SC de Jornalismo, que é parte da programação do 49º Congresso Estadual da Adjori/SC, teve o patrocínio da Companhia de Gás de Santa Catarina – SCGás; da Federação das Indústrias de Santa Catarina – FIESC; do Conselho Regional de Contabilidade – CRC/SC; do Sistema Ocesc/Sescoop; da Associação Catarinense de Rádio e Televisão – Acaert; da Romitex e da Suita Sistemas. O encontro contou, também, com apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, da Assembleia Legislativa, do SEBRAE Santa Catarina, da Rede Unique TV e do Hotel Faial Prime Suites.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?