quinta-feira, 22

de

fevereiro

de

2024

ACESSE NO 

Policial que filmou detentos do Presídio de Canoinhas comemorando eleição de Lula perde cargo de confiança

Últimas Notícias

- Ads -

Ele era superintendente regional da Polícia Penal de SC

EXONERADO

- Ads -

O policial penal de Canoinhas que teria gravado e compartilhado em suas redes sociais, um vídeo no qual detentos do Presídio Regional de Canoinhas comemoravam supostamente a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 2022, foi exonerado do cargo de confiança que ocupava, como superintendente regional da Polícia Pena de Santa Catarina.

De acordo com informações apuradas pelo Portal ND+, uma portaria assinada pela secretária adjunta da Administração Prisional, Joana Mahfuz Vicini, e publicada no Diário Oficial desta segunda-feira, 13, aponta que após sindicância investigativa decidiu instaurar também uma comissão de sindicância punitiva contra o servidor.

O motivo para as sindicâncias seria o fato de o servidor estadual ter compartilhado em suas redes sociais, imagens registradas no interior da unidade prisional. Tal registro é contrário ao regramento vigente, sobretudo por ter sido realizado, supostamente, sem qualquer tipo de autorização pregressa.

Em conversa com a coluna, o policial penal Elias Dias fez questão de deixar claro que a exoneração foi em relação ao cargo de confiança que ocupava como superintendente regional, mas que segue lotado no Presídio Regional de Itapema. Ele esclareceu ainda que, na concepção dele, o fato de ter sido exonerado do cargo se deu por questões muito mais pessoais, do que necessariamente por conta do registro que teria feito dentro da unidade prisional.

“Fui exonerado por interferência de um deputado da região depois de uma reunião em que eu bati de frente com e ele pediu a minha cabeça junto ao governo do Estado. Este foi o real motivo”, alega sem revelar o nome do deputado.





IFSC

A sessão itinerante da Câmara de Vereadores no IFSC Canoinhas foi de muitos salamaleques e poucas ações efetivas. O administrador Joel de Souza fez um relato sobre o plano de desenvolvimento institucional do campus alertando sobre a necessidade de se ter um número maior de servidores. Hoje, são 52 docentes e 38 servidores do administrativo. A falta de funcionários impede a implementação de novos cursos como o superior em engenharia civil e técnico integrado em Informática, além de outras ofertas em pós-graduação, segundo ele.

Em relação à infraestrutura, a quadra coberta precisa ser concluída e há necessidade de um refeitório, segundo Joel, além da necessidade de se construir um novo bloco e passarelas entre os blocos. O IFSC pede, ainda, a construção de um galpão para montagem de laboratórios. “Solicitamos um velho apoio com relação ao transporte público, que historicamente não atende as necessidades dos alunos”, elencou entre as necessidades do campus.




PINGA EM MIM

Vereador André Flenik (Podemos) fez um requerimento a Secretaria de Educação e Polícia Militar sobre um motivo um tanto quanto curioso. Homens bebem álcool e urinam em frente ao Centro de Educação Infantil do Rio dos Pardos frequentemente. A foto que ilustra o requerimento é…, como descrever?






XERIFÃO

O delegado regional de Canoinhas, Eduardo Borges, foi chamado de “xerifão do Planalto Norte” por seu padrinho, responsável por sua indicação ao cargo, o deputado estadual Mauricio Eskudlark (PSD), em postagem no Instagram.




SAUDAÇÃO

A 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) concedeu, nesta quinta-feira, 16, uma liminar em recurso de agravo de instrumento para que a vereadora de São Miguel do Oeste, Maria Tereza Capra (PT), possa voltar ao cargo. Ela foi eleita em 2020 no município de São Miguel do Oeste. Neste ano, porém, foi cassada pelos colegas de Câmara de Vereadores em um processo de quebra de decoro parlamentar após se posicionar contra uma suposta saudação nazista no município.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?