quinta-feira, 30

de

junho

de

2022

ACESSE NO 

Polícia Civil segue investigando assassinato de ex-secretário de Major Vieira

Últimas Notícias

- Ads -

Sérgio Roberto Lezan foi assassinado com quatro tiros

A Polícia Civil de Canoinhas, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC), ainda não concluiu o inquérito que investiga a morte do ex-secretário de Administração de Major Vieira, Sérgio Roberto Lezan, que nesta terça-feira, 21, completa uma semana.

Apesar da prisão de dois acusados no mesmo dia do crime, a Polícia segue investigando quem teria de fato comprado a motocicleta usada pelos supostos assassinos e se seria esta pessoa o possível mandante do crime. “No momento não podemos passar novas informações sob risco de prejudicar as investigações”, diz o delegado regional Eduardo Borges.

O ex-secretário municipal de Major Vieira, Sérgio Roberto Lezan, 56 anos, foi morto com quatro tiros na manhã de terça-feira, 14, em frente ao Ginásio de Esportes de Major Vieira.

Segundo Borges, logo que ocorreu o crime, uma equipe de policiais civis foi até o local e começou a reunir as informações, identificação de testemunhas que presenciaram o fato e vizinhos das proximidades. “Iniciamos as oitivas (tomada de depoimentos) das testemunhas e passamos a coletar os depoimentos. Com a chegada dos outros policiais e, principalmente, a presença massiva da Polícia Militar e da Agência de Inteligência, conseguimos coletar imagens, quando foi possível identificar o rumo adotado pelos suspeitos, levando as viaturas a partirem em perseguição”, contou o delegado.

Através das imagens de câmera de segurança que flagrou a fuga dos assassinos em uma motocicleta, os policiais conseguiram identificar um antigo proprietário da moto. Essa pessoa contou que vendeu a motocicleta no sábado anterior, contudo, Borges ressalta que este comprador não é nenhum dos dois detidos, o que suscita a hipótese de que este terceiro seja mandante do crime.

Agora, as investigações seguem para encontrar a pessoa que comprou a moto e outros elementos. O veículo foi comprado em dinheiro vivo.