sexta-feira, 19

de

abril

de

2024

ACESSE NO 

Paralisação das estradas impactam no atendimento hospitalar do estado

Últimas Notícias

- Ads -

Na região, Maternidade Dona Catarina Kuss, em Mafra, não recebeu entrega de medicamentos

- Ads -

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que os bloqueios que vêm sendo realizados nas rodovias do Estado vem gerando impactos nos atendimentos hospitalares. Os principais problemas, segundo a SES, estão na distribuição de vacinas e medicamentos, já que os veículos de transporte não estão conseguindo chegar ao destino.

Já na segunda-feira, 31, não foi possível realizar a entrega de medicamentos à Maternidade Dona Catarina Kuss, em Mafra. Houve também a impossibilidade de entrega de 91.192 doses de vacinas que saíram da Central Estadual de Rede de Frio, localizada em São José, para serem distribuídas para as Centrais Regionais de Araranguá, Criciúma e Tubarão. Em Ibirama, a entrega de roupas limpas, ao Hospital Dr. Waldomiro Colautti, atrasou.

Nesta terça-feira, 1º, a distribuição de vacinas segue suspensa. Um caminhão que partiu da Central de Distribuição em São José com destino ao Hospital Tereza Ramos, em Lages, também não conseguiu chegar ao destino. A SES informou que acompanha, junto aos órgãos de segurança do Estado, a situação dos bloqueios. Se necessário, será feito o encaminhamento de insumos via transporte aéreo.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?