Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

terça-feira, 25

de

junho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Número de médicos em Santa Catarina duplica em 13 anos

Últimas Notícias

Em Santa Catarina, são 13.429 médicos e 11.325 médicas

- Ads -

A quantidade de médicos em Santa Catarina dobrou de 2011 para cá, segundo dados da Demografia Médica 2024, elaborada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). O levantamento, divulgado nesta semana, aponta que o Estado tinha 11.790 médicos há 13 anos e, agora, conta com 24.754 profissionais. Com isso, a densidade por mil habitantes também cresceu: passou de 1,89 para 3,15 médicos por cada grupo de mil pessoas.

“Os dados indicam que o estado conta hoje com mais médicos. Mas a que custo? Observamos a criação indiscriminada de escolas médicas no País sem critérios técnicos mínimos, o que afeta a qualidade da formação em medicina. Outra questão a ser observada é que o aumento do número de médicos depende também de melhores condições de trabalho e de estímulo aos profissionais no cumprimento de sua missão. A qualidade da assistência não é uma questão apenas matemática, mas que exige planejamento e boa gestão”, afirma o presidente do CFM, José Hiran Gallo.

Em Santa Catarina, são 13.429 médicos e 11.325 médicas. A média de idade desses profissionais é de 43,65 anos, enquanto a média do tempo de formado chega a 17,42 anos. Na distribuição pelo território, verifica-se 5.823 médicos atuando na capital, Florianópolis, ou seja, 24% do total, e 18.931 no interior.

Apesar de ter menos médicos, Florianópolis se destaca com uma média de densidade médica superior à registrada no interior da unidade da federação. Na capital, são 10,49 médicos para cada mil habitantes. Já no interior são 2,59 por mil habitantes. A maioria dos médicos tem Registro de Qualificação de Especialidade Médica (RQE): 14.804. Outros 9.950 não são especialistas (não têm RQE).

“É importante ressaltar que somente o aumento da quantidade de médicos não é suficiente para atender as demandas da população catarinense. Sem condições de atendimento, sem adequada estrutura e de remuneração apropriada, esses profissionais terão dificuldades em atuar na prevenção de doenças, diagnósticos e na oferta de tratamentos seguros e eficazes. O estímulo das iniciativas público e privada, com a oferta de remuneração compatível com a responsabilidade médica, preparo e dedicação, é de extrema relevância para que os profissionais não fiquem concentrados apenas nos grandes centros, no litoral e áreas desenvolvidas e fora do SUS., destaca a médica Renata Zomer (CRM-SC 12432), conselheira do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina (CRM-SC).


ESCOLAS MÉDICAS EM SC

Desde os anos 90, dezesseis novas faculdades foram criadas em Santa Catarina. Atualmente, há oferta anual de 1.260 vagas, sendo 1.060 na rede privada e 200 em universidades públicas. O que resulta em uma escola médica para cada grupo de 400 mil habitantes no estado. A média nos países desenvolvidos é de uma escola para cada 1,5 milhão de habitantes.




BRASIL

A Demografia Médica 2024 do CFM revela que, nunca na história, o País contou com tantos médicos como atualmente. O levantamento mostra que o Brasil tem hoje 575.930 médicos ativos, uma das maiores quantidades do mundo. O número resulta em uma proporção de aproximadamente 2,81 médicos por mil habitantes, a maior já registrada na história nacional. 

Desde o início da década de 1990, a quantidade de médicos mais que quadruplicou, passando de 131.278 para a atual, registrada em janeiro de 2024. Este crescimento, impulsionado por fatores como a expansão do ensino médico e a crescente demanda por serviços de saúde, representa um aumento absoluto de 444.652 médicos, ou seja, 339%, em termos percentuais.

Comparando os crescimentos da população em geral e da população médica, é possível ver que o total de médicos aumentou oito vezes mais do que o da população em geral, durante esse período. Em termos absolutos, a população brasileira passou de 144 milhões em 1990 para 205 milhões em 2023, conforme dados do IBGE.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?