Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

domingo, 14

de

julho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Dom fecha com perfeição e mostra força da Prime Video no Brasil

Últimas Notícias

Série que conta história do ‘bandido gato’ supera expectativas

2 A ZERO

- Ads -

A Prime Video, da Amazon, estreou poucas séries brasileiras, mas pra ficar apenas em duas recentes – Dom e Cangaço Novo – dá pra dizer sem medo de errar que vale por todas que a Netflix empurrou pra gente, começando pela precária 3% e chegando a recente Cidade Invisível. Dois a zero para a Prime que, devagarinho, com farto cardápio e preço bem abaixo da Netflix, vem conquistando território.

Falando apenas de Dom, tema da coluna de hoje, já vale os R$ 13,90 mensais que o Prime cobra ante os R$ 59,90 mensais que pode chegar a assinatura da Netflix.

Feita a justa comparação, todos os elogios são poucos para classificar Dom. Já escrevi sobre a primeira temporada da série. Agora, o Prime apresenta em curto intervalo a segunda e terceira temporadas. A segunda é longa e magistral. Tem oito episódios que voam somente como boas e bem contadas histórias conseguem fazer em tempos de tamanha ansiedade. A terceira temporada, de cinco episódios curtos, dão um fecho digno ao que vimos nas temporadas anteriores.

Seguindo sua premissa, a história foca o ‘bandido gato’ Pedro Dom, personagem real que agitou a imprensa e desafiou a Polícia no início dos anos 2000. Depois de a primeira temporada mostrar sua formação no mundo do crime, as duas temporadas derradeiras mostram ele mergulhado cada vez mais fundo na criminalidade, irritando as mais altas figuras da Polícia e da política. Com a cabeça a prêmio, ele se envolve nas mais impressionantes fugas e nos mais ousados assaltos. Paralelamente seguimos acompanhando a trajetória de seu pai, cujas histórias, embora reais, parecem cinema puro.

Segue a crítica de Bruno Silveira (idealizador do projeto que morreu no meio da segunda temporada) à corrupção policial e ao cinismo político. Por horas se percebe uma visão romantizada do bandido que, apesar de todos os pesares, não passava disso. Emocionam, particularmente, as cenas reais do pai de Dom, falando sobre o filho. Conhecendo a história dele, sentimos o quanto custa para ele reconhecer o mau-caráter do filho e constatar que tudo que sonhou quando ingressou na Polícia virou fumaça.

Mais que uma excelente série de ação, com cenas impressionantes para os padrões brasileiros dada a perfeição, Dom é uma denúncia tão forte quanto Tropa de Elite sobre o colapso moral do sistema policial/político brasileiro. Um feito e tanto.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?