Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

sábado, 15

de

junho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Criança morta pelos pais foi enterrada na cozinha da casa em Caçador

Últimas Notícias

Segundo a polícia, um dos motivos seria que o casal não sabia se o homem era o pai da criança

- Ads -

Um casal matou e ocultou o corpo de um recém-nascido, segundo ao Polícia Civil, em Caçador, a 155 km de Canoinhas.

Conforme o delegado Marcelo Colaço da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), os pais da criança, ambos de 22 anos, confessaram o crime e foram presos no domingo, 12.

Segundo o delegado, a criança foi morta logo depois do parto. A mãe teria asfixiado o bebê no caminho do hospital para casa, tudo com o consentimento do marido.

Ao chegar em casa, a mãe foi tomar banho e o marido cavou embaixo do piso da cozinha para enterrar o bebê. O homem tirou a geladeira do lugar, arrancou os pisos e fez um buraco, em seguida reorganizou tudo.

A família do casal não sabia da gravidez. Por esse motivo o casal se isolou, o que fez os familiares buscarem ajuda e denunciarem o desaparecimento da mulher. Durante as investigações, foi descoberto o parto.

Segundo a polícia, o bebê era saudável. Os documentos hospitalares do parto foram encontrados dentro da casa. Um dos motivos que o casal teria alegado para cometer o crime, foi não saber se o homem era realmente o pai da criança, já que o casal havia recomeçado o relacionado há cerca de sete meses.

O juízo da vara Criminal da comarca de Caçador decretou a prisão preventiva do casal. Os dois passaram por audiência de custódia na unidade judiciária na tarde desta segunda-feira, 13. O processo tramita em segredo de justiça.

Com informações do portal ND+

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?