Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

terça-feira, 25

de

junho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Câmara de Três Barras reconhece dívida de R$ 10 milhões do Município com o INSS

Últimas Notícias

Vereadora alerta que outros Municípios terão de admitir dívida

DÍVIDA

- Ads -

A Câmara de Três Barras autorizou o Município a pagar dívida de R$ 10 milhões, existente junto a Receita Federal. O valor é referente a falta de recolhimento integral de contribuições para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

O vereador Ernani Wogeinaki Jr (UB) propôs uma sindicância para apurar e cobrar a responsabilidade de quem deixou a situação chegar onde chegou.

Laudecir Gonçalves, o Barriga (PL), se disse surpreso com a dívida. “Desde 2009 está essa situação. Nós que cobramos do Duartinho o pagamento do FGTS não pagamos o INSS. Prefeita Ana Claudia está na situação novamente de pagar uma conta que não é dela”, protestou se referindo à empresa terceirizada da prefeitura que vem sendo cobrada judicialmente por atrasar pagamentos a funcionários.

Dionice Guimarães (PSD) ressaltou que se a dívida não for paga, trava as certidões negativas de débito e inviabiliza uma série de questões dentro da administração.

Carla Shimoguiri (PDT) observou que à época em que o Município deixou de recolher o tributo, havia um entendimento do Tribunal de Contas do Estado de que não seria necessário o recolhimento. Agora, este entendimento caiu por terra. “Não é só Três Barras que está nessa situação, há outros Municípios”, contou.

Se a prefeitura reconhecer e parcelar a dívida a partir de abril terá desconto de 40% sobre o valor devido.





APARECEU

O vereador José Alfredo Maciel (PL) se despediu da suplência da Câmara de Três Barras fazendo seu maior e mais notável discurso desde que assumiu em substituição a Marcos Rogério de Paula. O que disse? Apenas agradeceu e se despediu.

Marquinhos retorna a Câmara porque quer concorrer à reeleição. Ele ocupava a Secretaria de Habitação do governo Ana Claudia. Por conta do período pré-eleitoral começar em abril, ele precisa se descompatibilizar do cargo público.





“Obrigado pela sua passagem”

Da vereadora Daniele Krailing (PP), saudando o colega em despedida





NÃO QUERO

A vereadora Dionice Guimarães (PSD) rechaçou comentário de que suas críticas à gestão da Educação em Três Barras tenham a ver com seu desejo de assumir a pasta. “Eu já fui secretária, já foi, não quero mais”, afirmou. Ela voltou a criticar a gestão de Edith de Souza ressaltando que espera que “a secretária tenha competência, carisma e atenda o professor” sem citar o nome da atual ocupante do cargo.

A classe dos professores tem, de fato, elogiado o papel da vereadora Dionice na conquista do piso do magistério.





PUXADA DE TAPETE

Israel Rocha é o novo presidente estadual do PSB. O jovem de 28 anos substitui Claudio Vignatti, que vem reclamando do que chama de “puxada de tapete”. Ele soube da troca por pessoas sondadas para ocupar cargo na nova direção e se mostrou surpreso com a decisão. “Levei uma facada pelas costas. Foi uma traição”, lamentou Vignatti.





APARECEU

Desaparecido desde que renunciou do dia para a noite ao cargo de prefeito interino de Papanduva, Jaime Iancoski (foto) reapareceu em um cargo bem mais tranquilo. Ele foi nomeado assessor parlamentar na liderança do PL na Assembleia Legislativa com salário de R$ 6,2 mil.




NA EXPECTATIVA

Mauro de Nadal , Jorginho, Antídio e Seif /Divulgação

Os partidos catarinenses estão de olho na eleição municipal, mas, também, na possível vaga no Senado que será aberta caso Jorge Seiff Jr (PL) tenha seu mandato cassado na Justiça.

O nome do MDB, por exemplo, é do presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal. A jornalista Dagmara Spautz, da NSC, apurou que a conversa ocorreu em duas reuniões a portas fechadas, em que participaram o presidente estadual do partido, Carlos Chiodini, e toda a bancada.

Outro nome que chegou a ser levantado foi o do deputado estadual Antídio Lunelli, que declinou.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?