sexta-feira, 1

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

Saiba porque dia de Santa Cruz é feriado em Canoinhas

Últimas Notícias

- Ads -

Data é considerada também aniversário de fundação da cidade, diz historiador

Canoinhas celebra em 3 de maio o dia de sua padroeira, a Santa Cruz. Na histórica capela ao lado do colégio de mesmo nome do símbolo, muita história aconteceu. De acordo com com o historiador Fernando Tokarski, a celebração do 3 de maio, tem dois significados: O primeiro remete a data em que a Cruz, construída com madeira de imbuia retirada do terreno de Roberto Elke, foi erguida na presença de Francisco de Paula Pereira e do monge João Maria de Jesus. A segunda versão lembra da data em que Francisco de Paula Pereira desembarca do rio Canoinhas e funda a vila que posteriormente se torna a cidade de Canoinhas.

Um simples telhado foi o primeiro abrigo da Cruz. Em 1914, foi erguida no local a primeira igreja e constituído o primeiro cemitério da cidade. No dia 29 de março de 1945 a igreja, que havia sido saqueada, foi inteiramente destruída por um incêndio. Apenas a cruz resistiu às chamas.

Segundo Tokarski, o monge João Maria de Jesus havia profetizado que a Cruz jamais deveria desaparecer, caso contrário Canoinhas também desapareceria. Contudo, no dia 9 de setembro de 2015, a capela foi alvo de vandalismo e a Cruz amanheceu no estacionamento do colégio que fica ao lado da capela.

Passado mais de 125 anos da elevação, muitas histórias aconteceram aos pés da cruz de imbuia, que resistiu ao tempo e é símbolo da fé dos canoinhenses que peregrinam até a capela para fazer suas orações.