Planos de anúncio a partir de R$ 100. Clique aqui e converse com a gente

segunda-feira, 22

de

julho

de

2024

ACESSE NO 

Planos de anúncio a partir de R$ 100. Clique aqui e converse com a gente

Respectus: “Não tenho medo da Polícia”, disse um dos presos nesta quarta em Canoinhas

Últimas Notícias

Quatro homens foram presos

- Ads -

A Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Canoinhas (DPCAMI) deflagrou na tarde desta quarta-feira, 24, a Operação Respectus. As diligências foram cumpridas em Canoinhas e Papanduva. Foram cumpridas ao todo nove ordens judiciais cautelares de prisão preventiva, busca e apreensão e quebra de sigilo telefônico e telemático.

O foco da operação é o combate à violência sexual contra criança, a divulgação de fotos com cena de nudez sem consentimento e o grave descumprimento de medidas protetivas de urgência.

Segundo o delegado Vinicius Ferreira, da DPCAMI de Canoinhas, dentre as investigações de que decorreram os mandados, há um caso de estupro de vulnerável praticado por um professor contra uma criança que era sua aluna.

Em outro caso, o acusado teria agredido sua ex-companheira com uma barra de ferro, além de descumprir as medidas protetivas de urgência que estavam em vigor.

Há ainda uma apuração de pornografia de vingança (revenge porn) e de desrespeito a ordem de afastamento, no qual o agressor ciente de estar cometendo um crime ao desobedecê-la, desdenhou das instituições de segurança pública ao afirmar expressamente que a vítima poderia mandar até a Polícia Civil em sua residência que não existia qualquer receio e as violências continuariam.

Mensagem enviada por um dos presos nesta quarta à vítima/PC/Divulgação
Material apreendido na casa dos suspeitos/PC/Divulgação

Sete dispositivos eletrônicos e de informática foram apreendidos e passaram por perícia. Quatro homens entre 20 e 30 anos foram presos e encaminhados ao Presídio Regional de Canoinhas, permanecendo à disposição da Justiça.

A operação, que já é considerada a maior com essa temática na região, contou com o respaldo do Poder Judiciário e do Ministério Público (MPSC) local e apoio operacional das unidade DIC, DPCo, NOC e PCI de Canoinhas, DPMu de Major Vieira e DPCo de Papanduva.

- Ads -
Logo Facebook Logo WhatsApp Logo nova do Twitter
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?