Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

domingo, 14

de

julho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Polícia Militar de Santa Catarina inicia segunda etapa da operação Nárke

Últimas Notícias

Segunda fase será marcada por ações ostensivas da PMSC

- Ads -

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) integra na segunda etapa da operação Nárke, um esforço conjunto e coordenado para combater o tráfico de drogas no Estado. A operação, que ocorre entre os dias 24 e 28 de junho, está alinhada ao Programa Nacional de Enfrentamento às Organizações Criminosas (Enfoc), instituído pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A primeira fase da Operação Nárke ocorreu em abril deste ano, focando no cumprimento de mandados pelas polícias judiciárias. A segunda fase agora será marcada por ações ostensivas da PMSC, que visam não apenas a repressão ao tráfico de drogas, mas também a diminuição da percepção de insegurança entre a população.

Segundo a PMSC, o principal objetivo da Operação Nárke é garantir que tanto o risco real quanto a percepção de risco relacionados ao tráfico de drogas sejam reduzidos. As ações incluem a repressão e coibição de atividades criminosas ligadas ao tráfico de drogas, além da redução dos indicadores de criminalidade relacionados ao tráfico de drogas e crimes conexos.

A operação será desenvolvida no enfrentamento ao tráfico nas rodovias, com foco em prisões em flagrante por transporte de grandes quantidades de drogas em rodovias estaduais e rotas alternativas. Além disto, em áreas urbanas serão realizadas ações concentradas em locais suspeitos de venda de drogas e pontos de armazenamento.

De acordo com o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, “esta operação representa um esforço contínuo e coordenado para combater o tráfico de drogas e as consequências devastadoras para a nossa sociedade. Nossos policiais estão diuturnamente nas ações ostensivas e repressivas para coibir esse delito e garantir a Ordem Pública do povo catarinense”.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?