Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

terça-feira, 25

de

junho

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Leoberto Weinert diz que candidatura está fora de seus planos

Imagem:Arquivo

Últimas Notícias

Ele confirma que vai ingressar no UB como forma de fortalecer o partido

NÃO VAI

- Ads -

O ex-prefeito Leoberto Weinert descartou qualquer possibilidade de vir a ser candidato a vice-prefeito na chapa de Juliana Maciel (PL) na eleição deste ano. Em rápida conversa com a coluna logo depois que ele viu a entrevista com o presidente municipal do União Brasil (UB), James Brey, à coluna deste sábado, 16, deixou claro que ele não tem a menor intenção de voltar a disputar cargo eletivo. “Fui convidado para compor a chapa da Juliana como vice, mas está fora dos meus planos qualquer retorno a atividade política”, afirmou categoricamente.

Weinert disse, contudo, que sua filiação no UB é uma certeza. Seria essa uma forma de fortalecer o partido, sinalizando seu apoio à candidatura de Juliana, já que o UB já firmou apoio a candidatura da prefeita à reeleição.

O ex-prefeito deve ingressar no UB no mês que vem, deixando o MDB depois de décadas. A ida de Weinert ao UB provocou um choque no MDB, que dava seu apoio a candidatura de Beto Faria como certa. Weinert disse que de fato está há muito tempo afastado do partido, faltando apenas oficializar a sua saída.

Weinert tem se dedicado a atividades voluntárias junto à Igreja Católica. “Estaremos sediando em
Canoinhas a assembleia da Associação Missionária de Leigos Franciscanos Madre Bernarda, de 24/03 à 30/03, com participantes da Colômbia, Peru, Equador e Brasil.
Hoje estamos em missão em Campina Grande (PB) acompanhando o coordenador geral nas visitas às Fraternidades do Nordeste. Após a assembleia, em missão estaremos visitando as Fraternidades de Santa Catarina”, explicou, dando a entender que política, definitivamente, não é sua prioridade.






INTERROMPIDAS

Sem delegado regional trabalhando na Delegacia de Canoinhas, o delegado responsável pela Divisão de Investigação Criminal, Darci Nadal Junior, teve suas férias interrompidas. Ele voltou ao trabalho na semana passada.







LAUDO MÉDICO

O deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, solicitou à Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) e à Procuradoria Geral do Estado (PGE) que se manifestem diante da denúncia de que os planos de saúde não estão cumprindo a Lei Estadual 18686/2023, que garante validade indeterminada para laudos médicos atestando deficiências permanentes, incluindo o autismo.

De acordo com uma publicação no site de notícias SC Em Pauta, os planos de saúde continuam exigindo laudos médicos periódicos, a cada seis meses, dos seus clientes para cobrir tratamentos médicos e terapias prescritas para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).




RESSARCIMENTO

Na sexta-feira, 15, o deputado Gilson Marques protocolou o Projeto de Lei nº 802/2024 que determina que, na aplicação das penas por ato de improbidade relacionado à prestação de serviços públicos, os valores arrecadados sejam destinados ao ressarcimento ao cidadão.

Com frequência têm ocorrido esquemas de corrupção envolvendo a prestação de serviços públicos como, por exemplo, a Operação Mensageiro, realizada pelo Gaeco do Ministério Público de Santa Catarina, que apura a suspeita de crimes de corrupção no setor de coleta de lixo, resultando na prisão de sete prefeitos catarinenses.





MAIS POBRES

O Ministério da Fazenda propôs um novo modelo de desoneração da folha de pagamentos com o objetivo de contemplar 2.500 municípios, incluindo todo o Planalto Norte. As prefeituras terão alívio tributário, mas com aumento gradual dos valores a serem pagos até 2027.

O texto do projeto prevê um aumento gradual da alíquota da contribuição que as prefeituras pagam ao INSS aplicada à folha de pagamento dos servidores.

O patamar começaria em 14% e chegaria ao percentual tradicional de 20% em 2027.





TEMPERATURA MÁXIMA

O deputado federal Luciano Bivar

 A briga pelo União Brasil não está acontecendo somente aqui em Canoinhas. No cenário nacional a situação foi para o campo criminal. O presidente da sigla, Luciano Bivar, é acusado de ser o mandante de um incêndio criminoso em duas casas do vice-presidente, Antonio Rueda. Agora, o UB ameaça expulsar Bivar.




SAÚDE TURBINADA

O Ministério da Saúde elevou o valor que estados e municípios podem receber em emendas parlamentares em 2024, ano de eleições municipais. Técnicos da pasta calculam que a soma do teto de emenda de cada estado e município passou de cerca de R$ 55 bilhões, em 2023, para mais de R$ 100 bilhões.




MAIS VERBAS

Em 2024, o dinheiro indicado por parlamentares no Orçamento pode atingir R$ 53 bilhões, favorecendo ainda mais os prefeitos que receberão o dinheiro e vão disputar a eleição. A cada R$ 100 em emendas parlamentares, R$ 70 são direcionados diretamente para as prefeituras – o restante vai para Estados, entidades privadas ou é executado diretamente pelo governo federal.

Para escapar da legislação, parlamentares mudaram regras de três modalidades de envio de recursos para municípios beneficiando quem pretende disputar novo mandato.




PRESENÇA FEMININA

As mulheres constituem atualmente 52,6% da população habilitada a votar, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral. A diferença nunca foi tão grande.

São, no total, 8,1 milhões de potenciais votos a mais que os dos homens, ou quase quatro vezes a diferença de Lula (PT) para Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno da disputa presidencial de 2022.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?