domingo, 14

de

abril

de

2024

ACESSE NO 

Juiz que atuou em São Mateus do Sul deve votar em julgamento da cassação de Sergio Moro

Últimas Notícias

- Ads -

Guilherme Frederico Hernandes Denz atuou na comarca de 2005 a 2007

- Ads -

O juiz de direito efetivo, desembargador Guilherme Frederico Hernandes Denz, que atuou na Comarca de São Mateus do Sul de 2005 a 2007, deve votar no julgamento das duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs), que pedem a cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR), nesta quarta-feira, 3.

O julgamento será retomado a partir das 14h, no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), em Curitiba. No primeiro dia de análise na Justiça Eleitoral, o relator do caso, desembargador Luciano Carrasco Falavinha Souza, votou contra a perda do mandato. O magistrado entendeu que as acusações contra o senador por abuso de poder econômico na eleição de 2022 não procedem.

Em seguida, o segundo desembargador a votar, José Rodrigo Sade, pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso. Com isso, a sessão foi encerrada.

A partir desta quarta-feira, outros seis desembargadores irão votar.

Segundo o TRE-PR, cada um deles pode justificar o voto pelo tempo que quiser.

Além desta quarta, o TRE-PR também reservou a próxima segunda-feira, 8, para o julgamento dos processos. A data exata da conclusão depende da velocidade dos votos.

Conforme o órgão, todos os membros votam porque os processos envolvem possível perda de mandato. Em ações sem esse tipo de especificidade, o presidente só votaria em caso de empate.

Qualquer que seja a decisão no tribunal paranaense, cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

- Ads -
Logo Facebook Logo WhatsApp Logo nova do Twitter
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?