terça-feira, 28

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Governo distribui lotes de vacina para todas as regionais de saúde

Últimas Notícias

- Ads -

Ao todo, Santa Catarina já recebeu pouco mais de 212 mil doses da vacina contra a covid-19

 

 

O Governo do Estado distribuiu mais lotes de vacinas contra covid-19 para todas as regionais de saúde de Santa Catarina. A operação terminou na noite desta terça-feira, 26, com entrega em São Miguel do Oeste. Também foram entregues doses nas regionais de Chapecó, Concórdia e Xanxerê. Todo processo foi feito via terrestre. A partir de agora, as vacinas serão distribuídas aos municípios para a imunização deliberada pelos gestores municipais e pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) durante sessão extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite, realizada na noite da última segunda-feira, 25.

 

 

 

A distribuição começou a ser feita por volta das 7h30min de segunda-feira. As cargas saíram do almoxarifado da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), em São José, na Grande Florianópolis, dando início a uma força-tarefa para levar o produto para o interior.

 

 

 

“Apesar das chuvas que ocorreram em Santa Catarina nos últimos dias e o estado de calamidade em que algumas regiões se encontravam, conseguimos realizar com sucesso todo a distribuição desse lote que chegou no domingo na Capital”, destaca o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

 

 

 

 

A quantidade que cada município recebeu foi definida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O novo lote com doses da vacina de Oxford-AstraZeneca chegou no domingo, 24, ao Estado e deu sequência ao plano de vacinação em Santa Catarina.

 

 

 

Ao todo, o Estado já recebeu pouco mais de 212 mil doses da vacina contra a covid-19. Na semana passada, foram entregues 144 mil doses da Coronavac, produzida em parceria com o Instituto Butantan. “Seguimos trabalhando para enviar as doses rapidamente aos municípios, assim que elas forem chegando ao Estado. Agilidade é fundamental nesta etapa importante da luta contra a covid-19, que é a vacinação dos catarinenses”, destaca André Motta Ribeiro.