terça-feira, 26

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Frio nos próximos dias pode ser mais intenso que no início de julho

Últimas Notícias

- Ads -

Em Canoinhas, termômetros devem marcar 2 graus negativos

Depois da passagem de uma frente fria, o Estado volta a receber uma forte massa de ar polar neste final de semana. Segundo os meteorologistas da Epagri/Ciram, Gilsânia Cruz e Marcelo Martins, o frio previsto para os próximos dias pode ser mais intenso do que a última onda no início do mês de julho, podendo ocorrer quebra de recorde de temperatura mínima.

Apesar da onda de frio intensa, há apenas uma pequena chance de chuva congelada ou neve nas áreas altas do Meio-Oeste e Planalto Sul na madrugada deste domingo, 18. Nesse dia, o vento moderado a forte com rajadas de 60 a 80 quilômetros por hora. No entanto, os meteorologistas não descartam a ocorrência de geada negra, especialmente nas regiões do Oeste ao Planalto.

A previsão de maior frio é entre o amanhecer de segunda-feira, 19, e a terça-feira, 20, quando as temperaturas ficarão próxima de zero grau e negativa em boa parte de Santa Catarina. Na Serra Catarinense o frio pode chegar a 7 graus negativos, com condição de geada generalizada, mais ampla do Oeste ao Planalto e isolada no Litoral Sul, Florianópolis Serrana e Alto Vale do Itajaí. A região de Canoinhas deve registrar temperatura de 2 graus negativos. Nem o Litoral escapa da onda de frio e deve registrar entre zero e seis graus na maioria dos municípios.

A Defesa Civil também emitiu alerta de frio intenso e pede a atenção com população mais vulnerável como idosos, crianças, doentes e moradores de rua e o cuidado com abrigo de animais domésticos nas noites mais frias.