quinta-feira, 18

de

abril

de

2024

ACESSE NO 

Enquete: 43% dos canoinhenses apontam manutenção de estradas como pior área de Juliana Maciel

Últimas Notícias

- Ads -

Para 47,4%, prefeita está indo mal em todas as áreas

- Ads -

Enquete realizada pelo JMais entre 18h de domingo, 24, e às 10 horas de segunda-feira, 25, aponta que dos 662 participantes da enquete que receberam link do Google Forms por WhatsApp e Instagram,43,4% avaliam que a prefeita Juliana Maciel Hoppe (PL) está indo mal em todas as áreas de seu governo.

O link da enquete foi enviado para mais de 4 mil contatos que recebem atualizações diárias do JMais. Destes, 662 responderam. A enquete não tem valor científico por não respeitar o rigor de uma pesquisa, mas serve de base para medir a temperatura do eleitorado. O necessário login com uma conta do Google para responder à enquete e o tempo limitado foram as ferramentas que o JMais usou a fim de tentar evitar que uma pessoa respondesse a mais de uma vez ao questionário.

Veja os dados gerais de quem participou da enquete:



AVALIAÇÃO DO GOVERNO JULIANA MACIEL HOPPE

A enquete buscou fazer um levantamento sobre quais áreas do governo da prefeita Juliana Maciel Hoppe (PL) são tidas como mais ou menos satisfatórias sob avaliação do público. Neste aspecto, as opções sobre qual área seria a que Juliana está se dando melhor ou pior são: assistência social, contas públicas, manutenção das estradas e saúde. A maioria das pessoas que responderam à pesquisa, no entanto, avaliam que o governo da prefeita está ruim em todas as áreas, com um total de 47,4% dos votos nesta opção.

Em segundo lugar, sob este critério, a opinião de que contas públicas seria a área na qual a prefeita está se dando melhor, com 19,9% dos votos.

Por outro lado, 19,9% das pessoas que participaram da enquete, acreditam que o governo está bom em todas as áreas, respondendo à pergunta sobre qual seria a área em que Juliana está se dando pior.

Sob o aspecto negativo, a maioria dos votos está contemplada na área de manutenção das estradas, com 43,4% dos votos. Em seguida, as áreas da saúde, com 23,3% dos votos, e contas públicas, com 10,6% dos votos. A área de assistência social teve 2,8% dos votos.

Coincidentemente, nesta semana foi discutido na Câmara dos Vereadores, um projeto de lei encaminhado pela prefeita que autoriza o poder Executivo a aderir ao Programa Badesc Cidades, visando um empréstimo no valor de R$ 10 milhões que será destinado, dentre outras aplicações, à realização de pavimentação e recapeamento de vias públicas.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?