Planos de anúncio a partir de R$ 100. Clique aqui e converse com a gente

segunda-feira, 22

de

julho

de

2024

ACESSE NO 

Planos de anúncio a partir de R$ 100. Clique aqui e converse com a gente

Carro da Saúde de Major Vieira se envolve em acidente na BR 116

Últimas Notícias

Quatro passageiros, entre eles uma criança e um adolescente, ficaram feridos, mas passam bem

- Ads -

Um acidente na BR 116, em Papanduva, perto das 18 horas desta quinta-feira, 25, envolveu um carro da Saúde do município de Major Vieira, e uma EcoSport, placas Mercosul. A colisão ocorreu no bairro Industrial, no quilômetro 52 da rodovia, em frente ao Posto Carretão 2. Com a batida, um dos veículos ficou sobre a pista de rolamento e o outro foi arremessado ao lado da via.

Pelo menos quatro equipes do Corpo de Bombeiros de Papanduva e Major Vieira, e uma equipe do resgate da Arteris Planalto Sul prestaram atendimento às vítimas. Devido ao intenso fluxo de veículos, os bombeiros solicitaram apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para garantir a segurança da cena.

No veículo da Saúde de Major Vieira, um Fiat Argo, estavam o motorista, de 43 anos, duas mulheres de 33 e 41 anos, um adolescente de 16 anos e um menino de 6 anos. O motorista teria feito uma viagem na manhã desta quinta-feira, 25, levando uma mulher e o filho que havia feito recentemente uma cirurgia para consulta em Florianópolis, e no retorno, passou em Joinville para buscar mais uma mulher e o filho, que recebeu alta no Hospital Infantil. Chegando em Papanduva, próximo ao Posto Carretão 2, o outro veículo teria cortado a frente do carro da Saúde, causando o acidente.

Segundo o secretário de Saúde de Major Vieira, Nilson Sousa, o motorista e os quatro passageiros passam bem, foram levados para o hospital São Sebastião de Papanduva e ficaram em observação.

De acordo com o boletim do Corpo de Bombeiros, quando as equipes chegaram no local, todos os cinco ocupantes do carro da Saúde estavam fora do veículo, sendo amparados por populares. A mulher de 41 anos estava sentada, consciente, relatando dores na coluna, na região cervical e lombar, além de dores na região do tórax. O adolescente de 16 anos, portador de Transtorno do Espectro Autista (TEA), paciente pós-cirúrgico, estava em pé, consciente, sinais vitais normais, apresentando hematoma na região frontal da cabeça. Ele também se queixou de dores na coluna, na região cervical e lombar.

Ainda no veículo da Saúde, o menino de 6 anos e a mulher de 33 anos estavam sentados, conscientes e com sinais vitais normais. O menino se queixou de dores na região cervical e a mãe de dores na coluna, na região cervical e na região lombar. Eles foram imobilizados com procedimentos de restrição do movimento da coluna. Já o motorista, não apresentava lesões aparentes e também não se queixou de dores, assinando o termo de recusa e permanecendo no local para prestar esclarecimentos.

Na EcoSport havia três pessoas, o condutor de 68 anos, uma mulher de 61 anos no banco do passageiro dianteiro e uma mulher de 32 anos no banco do passageiro traseiro. Todos já estavam do lado externo do veículo, não apresentavam lesões, assinaram o termo de recusa de encaminhamento e permaneceram no local para prestar esclarecimentos à PRF.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?