sexta-feira, 23

de

fevereiro

de

2024

ACESSE NO 

Canoinhas: Rapaz pega armas do pai e ameaça comerciante

Últimas Notícias

- Ads -

Segundo o acusado, ele pegou as armas “só para aparecer”

- Ads -

Na madrugada deste domingo, 11, por volta das 5 horas, policiais militares foram chamados na Avenida Expedicionários, no distrito do Campo d’Água Verde, em Canoinhas, onde em uma loja de conveniência, um homem estaria praticando assalto a mão armada. A Central de Operações da Polícia Militar (Copom) informou que o homem havia chegado em um veículo Cruze de cor preta e estacionado em frente a conveniência.

Os policiais que foram até o local viram o veículo transitando pela Avenida Expedicionários. O motorista foi abordado na rua Nazir Cordeiro. O homem foi revistado e, na cintura dele, foi encontrado um revólver, calibre 38, com cinco munições intactas. Ele também estava portando a carteira funcional de seu pai no bolso traseiro.

No carro, ainda, foi encontrada uma pistola, calibre 9 mm, com 17 munições intactas. A pistola estava escondida debaixo do banco do motorista.

Durante a abordagem, compareceram no local dois homens que relataram que haviam sido abordados pelo condutor na rua Senador Ivo de Aquino e que o homem queria que o levassem até alguma conveniência, pois precisava comprar cigarro. Então, eles entraram no veículo e foram até a conveniência. Ambos relataram que não conheciam o homem.

O motorista afirmou que as armas pertencem a seu pai, que é policial penal no município de São Pedro de Alcântara. Ele estaria a passeio em Canoinhas. Disse ainda que estava com o revólver na cintura somente “para se aparecer”.

O veículo Cruze foi recolhido ao pátio conveniado, pois não havia condutor habilitado no local para retirar o veículo. Teste de bafômetro resultou em 0.917 miligrama de álcool por litro de ar expelido.

A vítima da tentativa de roubo foi até a Delegacia e relatou que é proprietário da conveniência na Avenida Expedicionários, e que estava na sua conveniência quando três homens chegaram na frente da loja em um veículo Cruze de cor preta. O condutor pediu para comprar cerveja e cigarro, mas queria pagar a compra com uma nota de R$ 100. A conveniência não tinha troco para essa quantia. O condutor ficou nervoso por não conseguir comprar as mercadorias, puxou uma arma que estava na cintura e anunciou que era um assalto. O comerciante disse que nesse momento correu para trás de uma geladeira e o suspeito saiu do local com a arma em punho, mas não roubou nada. O suspeito entrou no veículo Cruze e passou duas vezes em frente a conveniência após o ocorrido.

Todos os envolvidos foram conduzidos até a Delegacia para os demais procedimentos cabíveis.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?