quinta-feira, 29

de

fevereiro

de

2024

ACESSE NO 

Campo de Instrução Marechal Hermes realiza cerimônia alusiva ao Dia da Bandeira

Últimas Notícias

- Ads -

Hasteamento do Pavilhão Nacional foi realizado ao meio-dia do dia 19, conforme tradição

- Ads -

No dia 19 de novembro de 1889, ao meio-dia, há 134 anos, na cidade do Rio de Janeiro, então capital do País, pela primeira vez era realizado o hasteamento da Bandeira Nacional, Símbolo Augusto da Paz, simbolizando o heroísmo e o sacrifício das vitórias do passado, os desafios do presente e a grandiosidade do futuro do Brasil.

Seguindo esta tradição e enaltecendo o civismo e o patriotismo, o Campo de Instrução Marechal Hermes (CIMH), realizou ao meio-dia deste domingo, 19, uma cerimônia alusiva ao Dia da Bandeira. Solenidade esta que contou com a presença de autoridades civis e militares e significativa presença de convidados, bem como representantes de escolas da região.

Seguindo a tradição, ao meio-dia o diretor do CIMH, coronel de Cavalaria Robson Vanderli de Sá, realizou o hasteamento do Pavilhão Nacional. Em seguida, o 1º sargento Goestmeier, o praça mais antigo e com conceito excepcional da organização militar, realizou a incineração das bandeiras inservíveis, ato este que simboliza que o pavilhão nacional não pode ser simplesmente descartado, já que simboliza a própria nação brasileira.

Os representantes das escolas receberam durante a solenidade, das mãos do diretor, uma bandeira do Brasil, uma forma de manter vivo o patriotismo e o civismo nas instituições escolares. Às 18h, as cinzas das bandeiras incineradas foram depositadas na urna, em local de destaque na unidade militar. A atividade demonstra a importância deste símbolo, venerando o patriotismo presente em cada brasileiro.

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?