ZeroZeroZero é uma aula de roteiro perfeito


Cena da série 'Zerozerozero', inspirada no livro de mesmo nome de Roberto Saviano/Amazon/Reprodução

Série da Amazon desvenda o árido mundos dos traficantes

 

 

 

O MUNDO DO CRIME


Roberto Saviano é um homem marcado para morrer. Em 2006, depois de publicar o livro Gamorra, revelando meandros do pantanoso submundo da máfia italiana, ele passou a ser ameaçado e, desde então, não tem paradeiro certo. Muda-se constantemente para escapar da morte.

 

 

 

Mesmo assim, sua mente fabulosa é capaz de produzir pérolas como ZeroZeroZero, série cuja primeira temporada está disponível na Amazon Prime Vídeo.

 

 

 

A série segue a especialidade de Saviano e mostra os bastidores de uma disputa internacional por uma carga de cocaína que cruza o atlântico. A trama se desenvolve no México, Estados Unidos, alguns países da África e Itália. Com vários personagens, somente o roteiro bem amarrado consegue ligar as histórias e torná-las compreensíveis.

 

 

 

A série é inspirada em livro de Saviano lançado em 2013. ZeroZeroZero remete à pureza da cocaína e se desdobra, em oito capítulos, mostrando os destinos do carregamento, encomendado pelo chefão da máfia calabresa Ndrangheta, don Minu. Sua intenção é acalmar o apetite de seus comandados jovens pelo seu lugar — o primeiro deles, seu próprio neto, Stefano, que tem suas razões para desejar um acerto de contas com o avô.

 

 

 

Outro eixo familiar é construído a partir de Nova Orleans, nos Estados Unidos, sede da empresa Linwood, a intermediária encarregada do transporte da droga sob uma fachada legal. O terceiro núcleo é Monterrey, no México, de onde parte a droga e onde se assiste à ascensão de um novo poder, dos milicianos liderados pelo sargento Manuel León.

 

 

 

Ao não contrapor mocinhos e bandidos, dando humanidade a todos, por mais distorcida que possa parecer, como no caso do sargento León, que acredita que recrutar jovens para o crime seria uma espécie de missão divina, a série acerta no ponto e nos entrega uma história fascinante. Recomendo com louvor.





Deixe seu comentário: