Volta de foro privilegiado, pauta de costumes e nova CPMF em destaque nesta terça-feira

Arquivo/Agência Brasil

10 de setembro de 2019

 

 


Diário Catarinense

 

Alunos da UFSC decidem hoje se entram em greve

 

 

 

 

________________________________________________________

 

 

 

 

Notícias do Dia

 

Balneabilidade da Beira-Mar depende de análise

 

 

 

 

__________________________________________________________

Folha de S.Paulo

 

Pauta de costumes de Bolsonaro perde espaço e empaca no Congresso

Maia diz que economia será prioridade, e não há prazo para propostas saírem do papel

O Ministério da Saúde registra que, no Brasil, a cada quatro minutos, uma mulher é agredida por um homem e sobrevive. No ano passado, foram registrados mais de 145 mil casos de violência —física, sexual, psicológica e de outros tipos— em que as vítimas sobreviveram.

A conclusão vem de dados inéditos do Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação), obtidos pela Folha via Lei de Acesso à Informação. A reportagem analisou 1,4 milhão de notificações recebidas de 2014 a 2018.

 

 

 

Governo Doria quer reduzir tarifa de pedágio para caminhões à noite em SP

Medida, que será negociada com concessionárias, valeria apenas para alguns trechos de rodovias

 

O Governo de São Paulo planeja reduzir a tarifa dos pedágios para caminhões no horário noturno a fim de otimizar o uso das estradas.

A medida, que deve ser implantada a partir do ano que vem, valerá apenas para determinados percursos dentro do que é chamado na administração João Doria (PSDB) de nova matriz logística do estado.

Levando em conta a origem, o volume e o destino dos principais produtos transportados, o governo estadual pretende estabelecer rotas ideais para o tráfego de cargas.

 

Datafolha aponta que apoio à privatização cresce com Bolsonaro, mas ainda é minoritário

Segundo pesquisa, quanto melhor o conhecimento sobre o tema, maior a aprovação

Cresceu o apoio da população às privatizações, embora as pessoas favoráveis à venda de empresas públicas ainda sejam minoria no país.

Pesquisa Datafolha feita em 29 e 30 de agosto mostra que 25% são a favor da transferência de estatais para o setor privado, o que significa um em cada quatro entrevistados. Na pesquisa anterior, feita em novembro de 2017, no governo Michel Temer, eram 20%.

 

 

 

 

 

Procuradores protestam e discutem boicote a cargos em futura gestão da PGR

Em ato, membros do Ministério Público dizem que não aceitarão chefe identificado com o governo

Em referência a Augusto Aras, indicado por Jair Bolsonaro (PSL) para a PGR (Procuradoria-Geral da República) por fora da lista tríplice, procuradores disseram nesta segunda-feira (9), em atos pelo país, que não aceitarão um procurador-geral que seja identificado com o Poder Executivo.

Entre as propostas contra Aras, integrantes do Ministério Público Federal têm discutido fazer um boicote aos cargos caso o indicado tenha seu nome referendado pelo Senado.

 

 

 

 

 



 

Carlos Bolsonaro diz que país não terá transformação rápida por vias democráticas

Filho do presidente é alvo de críticas após declarações em rede social

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), escreveu na noite desta segunda-feira (9) em rede social que, por vias democráticas, não haverá as mudanças rápidas desejadas no país.

A postagem do filho do presidente foi alvo de críticas de políticos e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que viram nela uma ofensa ao sistema democrático brasileiro.

 

 

 

_______________________________________________________

O Estado de S.Paulo

Câmara articula volta de foro especial a políticos

Com aval do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEMRJ), um grupo de parlamentares liderados pelo deputado e jurista Luiz Flávio Gomes (PSB-SP) quer impedir que juízes de primeira instância determinem medidas drásticas contra políticos, como prisão, quebra de sigilos bancário e telefônico, além de busca e apreensão. A intenção é blindar deputados, senadores, governadores, prefeitos, ministros e outros agentes públicos de investigações e julgamentos chamados no Congresso de “ativismo judicial”.

 

 

 

 

Governo quer quebrar monopólio da Caixa no FGTS e mudar Minha Casa

O Ministério da Economia estuda o fim do monopólio da Caixa na gestão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que é uma poupança forçada feita pelos trabalhadores, e planeja uma reformulação na forma como são feitos os aportes no programa de habitação popular Minha Casa Minha Vida.

 

 

 

Augusto Aras se comprometeu com pauta evangélica

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a Procuradoria-Geral da República, Augusto Aras foi o único dos candidatos ao cargo a se comprometer com uma série de “valores cristãos” previstos em carta da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure). Aras recebeu apoio institucional da entidade, que tem trânsito na cúpula do governo, na disputa pela chefia do Ministério Público.

 

 

 

Lava Jato denuncia Lula e irmão por ‘mesada’

A força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo denunciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu irmão, José Ferreira da Silva, o Frei Chico, por corrupção passiva continuada. Segundo o Ministério Público Federal, entre 2003 e 2015 Frei Chico, sindicalista com atuação no setor do petróleo, recebeu R$ 1.131.333,12 por meio de pagamento de uma “mesada”, que variou de R$ 3 mil a R$ 5 mil e era parte de um “pacote” de vantagens indevidas oferecidas a Lula, em troca de benefícios obtidos pela Odebrecht em contratos com o governo federal.

 

 

 

 

 

 

 

____________________________________________________

O Globo

Equipe de Guedes espera obter R$ 200 bi com ‘nova CPMF’

Valor anual compensaria a perda das contribuições sobre salários pagas atualmente por empresas

Para desonerar totalmente afolha de pagamentos, reduzindo custos das empresas como objetivo de gerar empregos, o governo terá que arrecadara o menos R $200 bilhões ao ano com a“nova CPMF ”. Esse foi o valor obtido em 2017 com as contribuições sobre salários pagas por empregadores para financiara Previdência. A equipe econômica quer implantar o novo imposto gradualmente, sem aumento da carga tributária. De início, a alíquota seria de 0,4%. A cobrança seria dividida entre as duas partes da transação( quem paga equem recebe ). Ao fim do processo, a tributação seria de 1% — 0,5% em cada lado da operação.

 

 

 

 

Aras escolhe nomes alinhados com bolsonarismo

Indicado à PGR, Aras convida nomes alinhados às pautas bolsonaristas

Indica dopara chefiara PGR, Augusto Aras convidou dois procuradores para sua equipe, ambos de pensamento conservador. Ailton Benedito defendeu apreensão de livro na Bienal, e Eitel Santiago Pereira chama o Gol pede 64 de“Revolução ”. Houve protestos no Rio, no DF, em São Paulo e outros estados contra Aras.

 

 

 

 

 

Lula e irmão são denunciados pela Lava-Jato em SP

Acusação é de corrupção em troca de vantagens indevidas nos governos do petista. Frei Chico teria recebido R$ 1,1 milhão por meio de consultorias como espécie de mesada, diz a acusação. Ambos negam os crimes.

Carlos Bolsonaro: país não muda por ‘via democrática’

Para filho do presidente, por causa do atual regime, mudanças não poderão ser feitas na velocidade ‘almejada’




Deixe seu comentário: