segunda-feira, 16

de

maio

de

2022

ACESSE NO 

Vereador denuncia vandalismo com móveis de escola de Canoinhas

Últimas Notícias

- Ads -

Segundo Marcos Homer, empresa que faz obra de reforma é a responsável

DEPREDADA

Vereador Marcos Homer (Podemos) constatou dano ao patrimônio público na Escola Municipal Presidente Castelo Branco. Ele apresentou relatório na sessão desta segunda-feira, 6, da Câmara de Canoinhas. A escola passa por reformas.

Fotos mostram que há fossa a céu aberto, móveis destruídos e cadeiras empilhadas, todos danificados. Segundo Homer, a obra foi embargada pelo Corpo de Bombeiros porque o piso cedeu.

 O vereador levantou a suspeita de que a empresa contratada para executar a obra de reforma está, na verdade, causando dano ao patrimônio público. Armários e prateleiras foram usados como andaimes.

Divulgação

O relatório foi encaminhado junto com requerimento para a Secretaria de Planejamento pedindo que o Município notifique a empresa. “É impressionante a quantidade de mobiliário da escola que foi destruído. As bancadas da sala de informática foram completamente destruídas. Cadeiras de escritório e escolares destruídas. Não vai haver carteiras para os alunos quando voltarem. A gente sabe o quanto é difícil gerir recursos para comprar mesas e carteiras, e, agora, ao voltarem os alunos vão ver todo esse material empilhado. O dano é gigantesco”, concluiu o vereador.

CONTRAPONTO

A Secretaria de Planejamento disse estar ciente em relação aos problemas apresentados na reforma da Escola Municipal Castelo Branco. Leia a nota na íntegra:

“Como em toda reforma, problemas ocultos aparecem quando as restaurações são iniciadas. E no prédio da escola, após o início dos trabalhos, os engenheiros da Secretaria de Planejamento comprovaram que a construção antiga, na época, foi mal executada.

Há problemas estruturais da construção que não estavam incluídos no projeto de reforma que apareceram durante a execução da reforma.

Todos os problemas estão sendo corrigidos conforme o andamento da restauração e tudo está sendo acompanhado pela Secretaria do Planejamento.

Para as demais situações já houve notificação da empresa para que seja resolvido.

Segundo a diretora da unidade, Carla Simone Schuhmacher Gasda, as questões apresentadas em relação ao uso de mobília pela empresa é situação ocorrida no início do ano e já resolvida. As fotos apresentadas pelo vereador são antigas. Apenas materiais inseríveis são usados.

Solicitamos que o vereador apresente o laudo técnico que embasou a sua manifestação que causa pânico desnecessário na população.

O Governo de Canoinhas reitera o compromisso com a vida de cada estudante e informa que os engenheiros da Secretaria de Planejamento garantem a segurança da comunidade escolar que faz uso das instalações.”




TEMPERATURA MÁXIMA

Vereador Willian Godoy (PSD) saiu em defesa do colega de bancada, Osmar Oleskovicz (PSD), ao criticar a postura dos vereadores de oposição por terem pedido uma CPI que, entre outros, investigaria o ex-secretário de Educação. “É importante que tenhamos o respeito um pelo outro nesta Casa”, e defendeu que antes de apresentar a situação à imprensa tivessem procurado o vereador Osmar. “Eu faria isso se fosse com vocês”, frisou.



MEMÓRIA CURTA

Encerrada a sessão, as vereadoras Tatiane Carvalho e Juliana Maciel foram contestar Godoy. Em abril ele expôs a vereadora Tatiane durante uma sessão da Câmara ao tentar se defender do fato de ter mentido a respeito da divulgação da lista de vacinados em Blumenau. “Então vamos trabalhar na base do troco agora?”, questionou o vereador. Ao que Tatiane respondeu: “Eu não te dei o troco, ainda”.





MANIFESTAÇÃO

Divulgação

Em escala bem menor, opositores ao presidente Jair Bolsonaro também protestaram nesta terça-feira, 7. Na região, a manifestação ocorreu em Mafra.




FUNDO

Prefeito Beto Passos (PSD) encaminhou para a Câmara projeto de lei que cria o Fundo Municipal de Turismo. Os recursos serão provenientes das receitas do Município, por meio de dotações orçamentárias, cujo montante fica definido no orçamento de cada ano conforme as disponibilidades financeiras do Município. Eventuais doações captadas na inciativa privada ou na esfera pública também vão para este fundo. Inicialmente, o Fundo receberá um aporte de R$ 220 mil de recursos do Município.




PREVISÃO

O governo Passos mandou para a Câmara a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano que vem. A previsão é de se arrecadar R$ 198 milhões em 2022. Somente com IPTU a expectativa é de que faturar R$ 9,5 milhões, com ISS R$ 8,8 milhões, e com ITBI R$ 1,6 milhão.



ISENÇÃO

A Câmara de Vereadores de Três Barras vai apreciar projeto de lei que permite o Executivo isentar da cobrança da tarifa de água e lixo pelo Samasa os consumidores enquadrados como baixa renda em razão da pandemia da covid-19.