sábado, 25

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Veja quem são os três primeiros vacinados contra o coronavírus em Canoinhas

Últimas Notícias

- Ads -

Vacinação começou em Canoinhas com a aplicação simultânea em três profissionais da Saúde

 

 

Três profissionais de Saúde foram imunizados simultaneamente, marcando o início da vacinação contra a covid-19 em Canoinhas, na noite desta terça-feira, 19. Transmitido pelo Facebook, o evento aconteceu na sala de reuniões da Prefeitura de Canoinhas e foi restrito a um pequeno número de profissionais da imprensa.

 

 

Uma das profissionais a receber a vacina é a enfermeira Regeane Polakoski, que trabalha no Programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) e se disponibilizou a trabalhar no Centro de Triagem, durante todo o período, deixando o seu posto de saúde.

 

 

Nizomar Filho, médico responsável pela UTI Covid é formado há 12 anos. Trabalhou no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e trabalha hoje na Ala Covid. Ele foi o segundo profissional escolhido para receber a imunização.

 

 

A terceira profissional é técnica de Enfermagem Elizete Ribeiro, que trabalha no Pronto Atendimento Municipal diretamente com as urgências e emergências.

 

Momento em que os três são imunizados

 

Aplicaram a vacina, as técnicas de Enfermagem Cintia Burgardt, que trabalha no posto de Saúde da Cohab 1 e há seis anos trabalha no município; Silvana Lechineski da Unidade de Saúde do Piedade e trabalha há 13 anos no município e Marinei Tobias, da sala de vacinas da Unidade Central.

 

 

Participou do ato, também, a coordenadora de imunização, Franciele Colla.

 

 

“Cada um tem a sua parcela de contribuição. Vocês estão aqui representando uma classe que deve ser valorizada. Nosso muito obrigado por participarem desse momento “, disse a secretária de Saúde, Katia Oliscowicz.

 

 

Emocionado, Nizomar disse que “é um momento importante para cada um de nós, para aqueles que estão sofrendo com a covid. É um momento bastante emocionante. Fico muito feliz, além de emocionado”.

 

 

“É muito difícil ver os colegas da gente adoecendo. Essa foi a vacina mais esperada da nossa vida. Fico feliz por fazer parte disso”, disse Elizete.

 

 

“Fiquei emocionada”, destacou a enfermeira Regiane. “É um momento histórico. Parecia que nunca ia chegar. Tenho 14 anos de profissão e nunca tínhamos vivido algo parecido com isso. A gente que está na linha de frente fica muito abalado, com pacientes chegando com falta de ar, às vezes chegando quase em óbito. Não podemos ser fracos. Muitas vezes ficamos sem sono. Hoje a Saúde está de parabéns”.

 

 

A coordenadora de imunização, Franciele Colla, comentou sobre as poucas doses recebidas. “Isso nos deixa muito preocupados. Vamos fazer o melhor uso possível. Nosso critério nesse momento será os profissionais da linha de frente. Mas a sociedade pode ficar tranquila, que todos vão ser vacinados aos poucos”, afirmou Franciele.

 

 

Prefeito Beto Passos (PSD) agradeceu o trabalho de todos os profissionais de Saúde e fez um apelo à população. “Pedimos que a população nos ajude, que não façam festas clandestinas, para que não aumente ainda mais o número de internados. Ainda não estamos aliviados. Este é o início de uma nova jornada. É hora de agradecer a todos que participaram deste processo e principalmente a Deus”, disse o prefeito.