Uma coisa não exclui a outra de imediato”, diz Norma Pereira

Norma Pereira/Divulgação

Vereadora analisa hipótese de concorrer à prefeitura de Canoinhas

 

 

SEM EXCLUSÃO

A vereadora Norma Pereira (PSDB) não vê exatamente como um dilema a escolha que precisará fazer no ano que vem. Ela vem sendo sondada por partidos de Canoinhas para liderar uma chapa que dispute com Beto Passos (PSD) a prefeitura de Canoinhas. Passos, inclusive, já sondou Norma visando sua vice.

 

 

 

Depois da morte de Marco Tebaldi no fim de semana, ganhou musculatura a possibilidade de Norma assumir uma vaga na Câmara Federal. Tebaldi era primeiro suplente da chapa PSDB-PPS. Agora, Norma é a primeira suplente da coligação que elegeu duas deputadas: Geovania de Sá (PSDB) e Carmem Zanotto (PPS). Ocorre que Carmem está sendo sondada para concorrer à prefeitura de Lages. Se eleita, entrega de bandeja para Norma mais de dois anos no Congresso.

 

 

 

 

 

“O que tenho a falar sobre a suplência de deputada federal é que não podemos esperar os acontecimentos lá de Brasília pra solidificar um projeto aqui, porque senão ficamos sem representação lá e aqui continuamos na mesma”, disse sinalizando duas coisas: primeiro uma tendência a aceitar o projeto político em Canoinhas e segundo, um certo descontentamento com a gestão Passos.

 

 

 

 

Logo em seguida, em conversa com a coluna, Norma pondera que “uma coisa não exclui a outra de imediato. Ainda é muito cedo pra dar uma posição. Tudo há que ser avaliado.”

 

 

 

Ao que parece, muita água vai correr debaixo dessa ponte ainda.

 

 

 

 

SUPLÊNCIA

Falando em suplência, Renato Pike deve ocupar, pelo menos por um mês, a suplência do PL na Assembleia Legislativa.

 

 

 

 

CONCESSÃO

Prefeito Beto Passos assinou ontem a concessão de uso de terreno público destinada a Cooperativa Cooperceasa Ouro Verde. A cooperativa, formada por 23 agricultores de Canoinhas, fará o uso da área fazendo a comercialização em Canoinhas, “ajudando assim o desenvolvimento do município e auxiliando na renda familiar dos produtores”, escreveu Passos nas redes sociais.

 

 

 

 

EM BRASÍLIA

A secretária de Saúde de Canoinhas, Zenici Dreher, acompanhada do vice-prefeito Renato Pike, acompanharam em Brasília a defesa do projeto da deputada federal Carmem Zanotto que garante aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com suspeita de câncer o direito a biópsia no prazo máximo de 30 dias, contados a partir do pedido médico.

 

 

 

Eles ainda apresentaram as dificuldades do Planalto Norte com relação ao acesso às mamografias. A deputada indicou o valor de R$ 100 mil para a região, sugerindo a realização de exames para o diagnóstico precoce do câncer e reforçando a necessidade e importância das ações de prevenção. 

 

 

 

 

 

“Se você acredita que a terra é plana, é fundamentalista”

do reitor contestado da Universidade Federal da Fronteira Sul de Chapecó, Marcelo Rocktenvald. Até pouco tempo quem ia contra as evidências da ciência era considerado ignorante mesmo

 

 

 

 

 

PALMAS PRA MIM

Deputado Jessé Lopes (PSL) posou em frente à Casa d’Agronômica com uma placa colocada por ele mesmo que coloca a residência oficial do Governo à venda. 

 

 

 

Olhar para os excessos do governador, tudo bem. Agora, propor projeto de lei que reduza os tantos benefícios dele e seus colegas deputados, aí fica difícil.

 

 

 

 

 

77%

dos eleitores catarinenses fizeram cadastro biométrico até o momento segundo o TRE

 

 

 

 

NÃO GOSTOU

Deputado Julio Garcia ficou incomodado ao ser questionado pelo colunista do Diário Catarinense, Anderson Silva, se avaliava se afastar do cargo depois de ter sido indiciado por corrupção ativa. Chamou a pergunta jornalística de “irresponsável”.




Deixe seu comentário: