Twitter vai passar a proibir todos os tipos de propaganda política

Medida afeta eleição municipal do ano que vem

 

 

TWITTER OFF

O microblog Twitter anunciou que vai passar a proibir todos os tipos de propaganda política em todo o mundo a partir de novembro.

 

 

 

A decisão foi tuitada pelo diretor Jack Dorsey. Ele disse que a proibição de todos os tipos de propaganda política paga passará a valer do dia 22 de novembro em diante, mas algumas exceções, como, por exemplo, anúncios em apoio ao recenseamento eleitoral, ainda serão permitidas.

 

 

 

O Twitter adotou a medida em meio às crescentes críticas de que anúncios pagos em redes sociais provocam campanhas de difamação e que muitos deles contêm equívocos ou informações falsas.

 

 

 

A medida contrasta com o Facebook, que afirmou que não vai proibir propagandas políticas e nem vai verificar o conteúdo de anúncios de políticos.

 

 

 

A medida afeta diretamente a eleição municipal do ano que vem no Brasil. Políticos que se preparam para a campanha já estão traçando suas estratégias com foco maior nas redes sociais, certos de que elas foram protagonistas nas eleições do ano passado.

 

 

 

CONTRAPONTO

Prefeito de Bela Vista do Toldo, Adelmo Alberti (PSDB), disse que a reprovação de suas contas pela Câmara de Vereadores não o torna automaticamente inelegível, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal, como pontuou ontem a coluna. Ele diz que “não deixa inelegível porque, para isso o Ministério Público tem de entrar com uma denúncia no TRE. E além disso vou recorrer e vou anular o ato, porque não tive direito a ampla defesa”, justifica.

 

 

 

 

ASFALTO

Pedindo o valor de R$ 3.490.134,63, a Prado e Prado venceu licitação para pavimentação asfáltica das ruas Henrique Sorg, José Samuel Schmidt, cel. Januário Corte, Curitibanos, Alfredo Mayer e João Sabatke, com o fornecimento de todo o material e mão de obra necessária. Os recursos virão do Finisa, fundo da Caixa Econômica Federal.

 

Já as ruas Frei Menandro Kamps, Júlio Budant Neto, Frederico Kohler e Antonio Liller serão pavimentadas ao custo de R$ 6.797.977,11. Progresso Ambiental Eirele será a executora.

 

 

 

ASFALTO 2

A Prefeitura de Três Barras abriu licitação para pavimentação da rua Benedito Cordeiro, localizada no Bairro Vila Nova, com valor orçado de R$ 134.679,30. Esta é uma das primeiras obras do megapacote anunciado recentemente pelo prefeito Luis Shimoguiri (PSD).

 

 

 

 

TEM DE AGUENTAR

A deputada estadual Ana Caroline Campagnolo (PSL) protocolou um projeto de lei que proíbe o Governo do Estado de bloquear usuários ou deletar comentários nas redes sociais. Na justificativa, a deputada afirma que se trata de uma medida para garantir o direito à liberdade de expressão. 

 

 

Campagnolo usa como exemplo decisão da Justiça norte-americana, que considerou inconstitucional e discriminatório o bloqueio de opositores políticos pelo presidente Donald Trump.

 

 

Interessante é que no Facebook da deputada só se lê comentários elogiosos às publicações dela. Ou ela é uma santidade terrena, unanimidade absoluta, ou ela deleta os comentários que não gosta mesmo.

 

 

 

 

POSICIONAMENTO

Questionado pela coluna a respeito da situação instável do PSL nacional, o presidente municipal da sigla, Ethel Jacomel foi polido. Disse que “quanto a questão do PSL entendemos ser um momento de depuração. Vamos aguardar as posições a nível federal, estadual para então podermos tomar posição. Sempre deixamos muito claro nossa vinculação com Jair Bolsonaro que foi como tudo começou para nosso grupo. Temos confiança no diálogo para o melhor do Brasil, Santa Catarina e de nossa região.”

 

 

 

 

 

FALANDO EM PSL

No início da noite desta quarta-feira, 30, 24 integrantes do PSL, entre eles o presidente Jair Bolsonaro, entraram com uma representação contra o partido e seu presidente, Luciano Bivar, para garantir o bloqueio dos recursos do fundo partidário e o afastamento dos dirigentes do partido. Segundo o documento, o PSL receberá cerca de R$ 110 milhões do fundo referente ao ano de 2019.

 

 

 

 

UMBANDA

Em tempos de intolerância religiosa a Câmara de Vereadores de Mafra aprovou projeto de lei que institui o Dia Municipal da Umbanda. O projeto é de autoria da vereadora Claudia Bus (PTB – foto). 

 

 

Durante o uso da tribuna, a vereadora explicou que a intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas de terceiros. 

 

 

 

 

SORRISO AMARELO

Uma mulher que teve dente incisivo frontal extraído de forma desnecessária, com o surgimento de um vão até então inexistente em seu sorriso, será indenizada em R$ 12 mil pela clínica ortodôntica responsável pelo serviço. O fato foi registrado em município do norte de SC.

 

 

Segundo os autos, a paciente havia firmado contrato de prestação de serviços ortodônticos em agosto de 2009, e efetuou o pagamento das mensalidades relativas ao tratamento até julho de 2013. Ela disse que a extração do dente ocorreu em agosto de 2011, portanto dois anos depois de iniciado o tratamento. A clínica, em apelação, reiterou que não houve dano e que a extração fez parte do tratamento. Disse também que o vão seria corrigido com o tempo caso a autora viesse a dar continuidade ao tratamento, que preferiu abandonar.

 

 

O ressarcimento implicará o pagamento integral de novo tratamento ortodôntico à autora, a expensas exclusivas da clínica e a ser apurado em liquidação de sentença. A decisão foi unânime.




Deixe seu comentário: