quarta-feira, 27

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Três pessoas morrem carbonizadas em incêndio em Rio Negrinho

Últimas Notícias

- Ads -

Entre as vítimas havia uma criança de colo; um quarto morador sobreviveu

Três pessoas morreram carbonizadas em um incêndio em uma casa na rua João Moreira, no bairro Vista Alegre, em Rio Negrinho, na manhã deste domingo, 11. Até as 11h, as vítimas ainda não haviam sido identificadas pelos bombeiros. Foram utilizados cerca de dois mil litros de água no combate às chamas.




Segundo o relatório do Corpo de Bombeiros de Rio Negrinho, a casa de quatro cômodos, continha apenas uma entrada, uma sala conjugada com cozinha, dois quartos e um banheiro. O incêndio, segundo a equipe, já estava em desenvolvimento completo, com vidros quebrados e a casa sem teto.




Diante da situação, os socorristas optaram pela ação ofensiva, realizando o combate primeiramente por fora da edificação através da porta e das janelas até ser possível entrar na edificação para a extinção de focos de incêndios pontuais.




Devido ao grande volume de fumaça, foi usada ventilação para dispersar os gases e progredir no processo. Os focos estavam concentrados nas bordas dos cômodos devido a grande quantidade de roupas que se encontravam ali dispostas. Realizada a extinção, iniciou-se o rescaldo.





Com a dispersão da fumaça, foi encontrada uma vítima carbonizada, disposta no chão da porta do banheiro, que ficava nos fundos da casa. Neste momento, foram acionados a Polícia Militar e o Instituto Geral de Perícias.



Minutos após encontrar a primeira vítima, durante o rescaldo, os bombeiros encontraram outra vítima, no chão, em posição sentada, no fundo do banheiro. Ao se aproximarem, os socorristas encontraram também no chão do banheiro, entre as duas vítimas, uma terceira – uma criança de colo.




Com o rescaldo finalizado, a equipe permaneceu nas imediações para evitar que curiosos se aproximassem ou visualizassem as vítimas até a chegada da Polícia Militar. Com a chegada da Polícia Militar, as informações foram repassadas e a cena foi deixada aos cuidados do órgão policial.




Ainda segundo os bombeiros, populares relataram que havia um quarto morador na casa que sobreviveu.