quarta-feira, 6

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

TERÇA, 16/5: Após câmeras nas fardas, PM acentua uso de arma de choque; e passeio de Bolsonaro em destaque

Últimas Notícias

- Ads -

16 de maio de 2022

O uso de armas de choque, chamadas de Taser e consideradas menos letais, cresceu no último ano entre os policiais militares de São Paulo. O equipamento foi disparado 344 vezes em 2021, ante 112 ocorrências em 2020. Há 6,8 mil armas do tipo em uso atualmente, mas esse número deve chegar a 13 mil até o fim do ano. Junto com as câmeras acopladas às fardas, elas fazem parte dos esforços para reduzir a letalidade policial, que bateu recorde no Estado no primeiro semestre de 2020. Esses equipamentos disparam um impulso elétrico com carga de 50 mil volts, capaz de imobilizar o alvo. Especialistas alertam que as armas de choque também demandam controle rigoroso de uso e treinamento – duas mortes estão sob investigação. Outras polícias usam o aparelho há mais tempo, como a do Distrito Federal, considerada a menos letal do Brasil.

Folha de S.Paulo

O Estado de S.Paulo

O Globo