quinta-feira, 23

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Sinte SC decide suspender greve marcada para esta quinta-feira

Últimas Notícias

- Ads -

Nova Assembleia Estadual foi aprovada para 8 de março

 

 

Em Assembleia Estadual Virtual do Sindicato dos Professores do Estado de Santa Catarina (Sinte SC), realizada nesta terça-feira, 16, a maioria dos participantes votou pela suspensão da greve da categoria, marcada para esta quinta-feira, 18, data de reinício das aulas presenciais. Nova Assembleia Estadual foi aprovada para ser realizada no próximo dia 8 de março.

 

 

 

 

O coordenador estadual do Sinte-SC, Luiz Carlos Vieira, destacou que a exigência da Executiva Estadual é para que o governo do Estado agilize a vacinação de toda a população catarinense, principalmente, diante do agravamento da pandemia de covid-19. Conforme o professor , “o nosso trabalho sindical será intensificado, buscando, cada vez mais, a unificação, dialogando com toda a categoria, e reafirmando nosso posicionamento para o governo do Estado. Nós defendemos, sim, a vida”. O coordenador estadual afirmou também que “dia oito de março será quando o Sindicato terá realmente o quadro desta construção, com denúncias de todas as Regionais. O Sinte não ficou parado, durante todos esses meses de pandemia, e intensificaremos as nossas lutas”.

 

 

 

 

A Assembleia Estadual Virtual do Sinte-SC deliberou pelo encaminhamento de um ofício ao governo do Estado, chamando-o à responsabilidade, para que revogue o edital de retorno às aulas presenciais em todo o Estado.

 

 

 

 

SED

Tão logo recebeu o ofício do Sinte-SC, a Secretaria de Estado da Educação (SED) comunicou que “foi surpreendida” com o documento. A SED aguardava os representantes do Sinte para apresentar o andamento das ações de retomada das aulas, construídas em três modelos – 100% presencial, misto e 100% remoto -, “com o objetivo de respeitar os profissionais do grupo de risco e incluir as especificidades de cada escola”. O comunicado segue: “Sem a reciprocidade do diálogo, a SED optou por cancelar a reunião por entender que uma greve neste momento é um movimento radical por parte do Sinte e uma decisão que não será aceita pela sociedade, que espera ter a opção de levar os filhos para a escola de forma segura, conforme está sendo planejado há meses pelo Governo do Estado”.

 

 

 

Com a reunião desmarcada pela SED, a Assembleia Estadual Virtual do Sinte-SC ouviu, mais uma vez, lideranças da Executiva Estadual e de todas as Coordenações Regionais. A maioria votou pela suspensão da greve da categoria, marcada para esta quinta. O objetivo maior do Sinte-SC, agora, a partir do resultado da Assembleia, é conscientizar o governo do Estado sobre os riscos de contaminação, com o reinício das aulas presenciais.

 

 

 

Como exemplo, foi destacado, durante a Assembleia, que, em 53 municípios, principalmente, da região oeste do Estado, os prefeitos decretaram suspensão das aulas presenciais, nas redes municipal, estadual e particular. Isso comprova a gravidade da pandemia, não só no oeste catarinense, defende o Sinte-SC, pois Blumenau vem registrando contaminação por covid-19 nas escolas, e até o prefeito já tomou a iniciativa de testagem nas turmas onde houve contágio.