quinta-feira, 16

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Relatório da Fiocruz aponta que SC tem maior ocupação de leitos de UTI do Brasil

Últimas Notícias

- Ads -

Estado tem 251 pessoas na fila de espera por leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI)  covid-19

 

 

Santa Catarina tem a maior ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do país. É o que aponta a Fiocruz, que emitiu um boletim nesta terça-feira, 2, sobre o momento da pandemia de coronavírus no Brasil. De acordo com o instituto, o índice catarinense é de 99% de ocupação de leitos de UTI. O relatório afirma que pela primeira vez, desde o início da pandemia, “verifica-se em todo o país o agravamento simultâneo de diversos indicadores, como o crescimento do número de casos, de óbitos, a manutenção de níveis altos de incidência de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), alta positividade de testes e a sobrecarga de hospitais”.

 

 

 

Na noite desta terça o mapa de monitoramento dos leitos de UTI Covid alcançava 100% em quase todas as regiões do Estado. Havia apenas seis leitos vagos em toda Santa Catarina. Pouco depois, o índice caiu um pouco, mas todas as regiões do Estado estão com mais de 90% de ocupação. O Planalto Norte tem 93,4% de ocupação nos hospitais de Porto União a São Bento do Sul. De modo geral, a ocupação no Estado estava em 95,4%.

 

O mapa, no entanto, passou a trazer um alerta: “o indicador de taxa de ocupação é virtualmente inferior à taxa de ocupação real devido à rotatividade de pacientes e aos horários de atualização do painel”. Quando liberado o leito consta como disponível mesmo que reservado para outro paciente.

 

 

 

 

O painel omite a lista de espera por um leito de UTI. Relatório interno da Secretaria de Saúde de SC indica que 251 pessoas estão aguardando vagas em Santa Catarina. Mais da metade está no Oeste, onde a fila tem 142 pacientes, todos em estado grave. Esses pacientes estão internados de forma improvisada em enfermarias, pronto atendimentos e até em corredores de hospitais. Esses dados, no entanto, não são públicos e foram conseguidos de modo informal pela colunista Dagmara Spautz da NSC Total.

 

 

 

UTI covid do Hospital Santa Cruz de Canoinhas segue lotada

 

 

 

De acordo com um levantamento do G1SC, o Estado registrou pelo menos 16 óbitos, desde sexta-feira, 26, de pessoas que aguardavam na fila de espera por um leito de UTI.

 

 

 

 

 

Na manhã desta quarta-feira, 3, o Estado começou a operação de transferência dos pacientes com covid-19 para um hospital do Espírito Santo. A primeira aeronave partiu de Florianópolis por volta das 8h20 em direção a Chapecó, no Oeste catarinense. A previsão é que o primeiro doente chegue no estado capixaba no período da tarde.

 

 

 

O transporte será feito de forma individual. A logística se dá em razão da gravidade do estado de saúde dos pacientes. Podem ser transferidos até 16 doentes para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, no município da Serra, localizado na região metropolitana da capital Vitória. Serão usados na viagem o Arcanjo 2 do Batalhão de Operações de Aéreas (BOA) e uma aeronave de uma empresa terceirizada.