segunda-feira, 27

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Santa Catarina beira o colapso com apenas 11 leitos de UTI covid livres

Últimas Notícias

- Ads -

É o pior momento em termos de taxa de ocupação de leitos desde o começo da pandemia

 

 

 

Santa Catarina alcançou o pior momento em termos de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) para tratar pacientes com covid-19 nesta quarta-feira, 24. Isso depois de quatro dias de recordes sucessivos de ocupação. À noite havia apenas 11 leitos adultos livres em todas as regiões do Estado. O Planalto Norte, que engloba os hospitais de Canoinhas, Mafra, Porto União e São Bento do Sul tinha apenas um leito livre.

 

Dados atualizados na noite desta quarta

 

 

 

Há 746 leitos vagos para enfermaria, que pouco adiantam em casos graves que, invariavelmente, exigem respirador artificial.

 

 

 

Apesar de o sistema apontar 11 leitos vagos, na prática, funcionários da Secretaria de Saúde e dos hospitais dizem que não há mais espaços livres. O que aparece no sistema são dados flutuantes. A realidade seria de fila de espera por espaços de tratamento intensivo nos municípios catarinenses. Uma das causas é a presença de pessoas esperando espaços dentro de Unidades de ProntoAtendimento, enfermarias e emergências de unidades hospitalares.