Saneamento básico e crítica polêmica de Bolsonaro ao PSL em destaque nos jornais desta quarta-feira


Saneamento básico (Marcello Casal Jr/Arquivo Agência Brasil)

9 de outubro de 2019

 

 


Diário Catarinense

Produção industrial de SC cai 1,4% em agosto

 

 

___________

Notícias do Dia

Caixa reduz juros para a casa própria

 

 

__________

Folha de S.Paulo

Mantido ritmo, Brasil vai atrasar em 30 anos meta de saneamento universal

No país, 100 milhões vivem sem acesso à rede de esgoto; falta de planejamento e investimento agrava quadro

Levantamento da Folha a partir de dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, do Ministério de Desenvolvimento Regional, mostra que o indicador de acesso à água tratada passou, em dez anos, de 81,4% para 83,5%.

Já o de coleta de esgoto foi de 40,9% para 52,4%, mas desacelera desde 2013. Ou seja, o avanço anual do índice de atendimento de água e esgoto no país foi, respectivamente, inferior a 0,3 ponto percentual e de 1,3 ponto percentual, levando-se em conta os indicadores nos últimos dez anos.

 

 

 

 

Bancos culpam economia fraca por queda mais lenta nas taxas de juros

Além disso, a inadimplência tem crescido neste ano, principalmente no crédito aos consumidores

A retomada de cortes dos juros básicos da economia pelo Banco Central reacendeu a discussão sobre o ritmo de redução das taxas de empréstimos bancários.

 

Na contramão da Selic, que iniciou 2019 em 6,5% e, após duas reduções desde julho, chegou a 5,5%, a taxa dos financiamentos bancários subiu de 37,7% para 37,9% anuais no mesmo período.

 

Por trás dessa tarifa média, há dois movimentos distintos. Os juros cobrados de empresas caíram de 20,4% para 18,9%; enquanto as taxas pagas pelas pessoas físicas passaram de 51,3% para 52,1%.

 

 

 

 

 

WhatsApp admite envio maciço ilegal de mensagens nas eleições de 2018

Plataforma condena também grupos públicos da plataforma acessados por meio de links

O WhatsApp admitiu pela primeira vez que a eleição brasileira de 2018 teve uso de envios maciços de mensagens, com sistemas automatizados contratados de empresas.

 

“Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios maciços de mensagens, que violaram nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas”, afirmou Ben Supple, gerente de políticas públicas e eleições globais do WhatsApp, em palestra no Festival Gabo.

 

 

 

 

 

Manifestantes invadem Assembleia em meio à piora da crise no Equador

Com Quito tomada por protestos, presidente muda sede do governo para Guayaquil

Em uma escalada dos protestos que ocorrem há seis dias no Equador, manifestantes invadiram por um curto período a Assembleia Nacional do país, em Quito.

 

A invasão, nesta terça (8), foi precedida pelo anúncio, na noite anterior, da transferência da sede do governo para Guayaquil, cidade costeira a cerca de 400 km da capital.

 



 

 

 

________________

O Estado de S.Paulo

Bolsonaro ataca PSL e estuda trocar de partido

Presidente conversa com a UDN, sigla em formação, e pode levar 15 deputados federais e dois senadores do PSL

Insatisfeito com a dificuldade para controlar a legenda e seus diretórios, Jair Bolsonaro atacou ontem o PSL, sigla pela qual foi eleito presidente da República, e indicou que poderá mudar de partido. Bolsonaro avalia diversos cenários políticos. Interlocutores do presidente têm conversado com a União Democrática Nacional (UDN), em fase de registro como partido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A saída de Bolsonaro já é dada como certa pela cúpula do PSL, que teme perder dois senadores e até 15 de seus 53 deputados federais. O conflito do presidente com a cúpula do PSL ficou evidente ontem, após ele ser abordado, diante do Palácio da Alvorada, por um apoiador que disse ser pré-candidato da legenda no Recife. Bolsonaro pediu a ele para “esquecer” o PSL e afirmou que o deputado Luciano Bivar (PE), presidente do partido, “está queimado para caramba”.

 

 

 

Indígenas invadem Congresso do Equador

Forçado a deixar Quito em razão dos protestos, presidente oferece diálogo a indígenas e se diz disposto a aceitar mediação da ONU ou da Igreja Católica para resolver crise na véspera de uma grande manifestação programada para hoje na capital

 

 

 

Leilões de petróleo devem render R$ 237 bilhões

Três licitações de áreas de exploração e produção de petróleo e gás nas próximas semanas devem render R$ 237 bilhões à União e à Petrobrás. Cerca de R$ 120 bilhões devem ser pagos à estatal por investimentos feitos em áreas que vão a leilão, e R$ 117 bilhões virão do bônus de assinatura.

 

 

 

 

TCU suspende campanha do pacote anticrime

Para o ministro Vital do Rêgo, os projetos de lei poderão sofrer “drásticas alterações” no Congresso, o que resultaria em desperdício de dinheiro público. A campanha publicitária tem custo estimado de R$ 10 milhões.

 

 

 

________________

O Globo

Acordo sobre leilão do petróleo viabiliza votação da reforma

Nova divisão de recursos contenta governadores de todas as regiões

Um acordo fechado ontem entre líderes do Congresso e governadores de todas as regiões, para compartilhar com estados e municípios parte dos R$ 106,5 bilhões a serem arrecadados com o megaleilão do pré-sal, vai viabilizar a votação do segundo turno da reforma da Previdência, marcada para o próximo dia 22. Os recursos recebidos pelos governadores, cerca de R$ 10,9 bilhões no total, deverão ser destinados prioritariamente a cobrir o rombo previdenciário dos estados.

 

 

 

Ao atacar PSL, Bolsonaro reacende troca de partido

Bolsonaro diz que Bivar ‘está queimado’ e reacende estratégia sobre mudança de partido

 

 

 

 

Guerra do bicho pode estar por trás de atentado

Filha de contraventor é atacada a tiros

A polícia investiga se a disputa por pontos do jogo do bicho foi o que motivou a tentativa de homicídio de Shanna Garcia em shopping no Recreio. Ela levou dois tiros e está internada. Shanna é filha do contraventor Maninho Garcia, executado em 2004.

 

 

 

Trump rejeita cooperar com inquérito de impeachment

Governo Trump denuncia investigação de impeachment como ‘inconstitucional’ após proibir depoimento de diplomata





Deixe seu comentário: