Canoinhas: Rua Eugênio de Souza volta a ter mão dupla a partir desta segunda-feira


Semáforo foi instalado no ano passado no cruzamento da Francisco de Paula Pereira e Eugênio de Sousa/Moisés Gonçalves/Divulgação

Mão dupla vai da esquina do Supermercado Futurama até a esquina com a rua Francisco de Paula Pereira, trecho antes de mão única

 

 

O  Departamento de Trânsito de Canoinhas (Detracan) mudou na manhã desta segunda-feira, 11, o sentido da rua Eugênio de Souza, no Centro de Canoinhas. A via passa a ter sentido duplo de circulação também entre o Supermercado Futurama (rua Coronel Albuquerque) e a esquina com a rua Francisco de Paula Pereira. Já era assim antes das mudanças promovidas durante a gestão Beto Faria (MDB), que privilegiou mãos únicas no centro.

 

 

A alteração no trânsito passou por audiência pública e foi discutida nos Conselhos de Trânsito e Plano Diretor.

 

 

Segundo Luizinho Witt, diretor do Detracan, toda a sinalização está visível e a sinaleira está ativada desde cedo. A sinaleira foi instalada para controlar a entrada de motoristas que vêm do Campo d’Água Verde para entrar na Eugênio de Souza.

 

 

“A sinaleira é para ter o acesso de mão dupla na Eugênio de Souza e para os motoristas conseguirem seguir para o Campo d’Água Verde. Isso não vai resolver os problemas do trânsito de Canoinhas, mas vai ajudar”, frisa.

 

 

Não haverá modificações no sentido da rua Francisco Paula Pereira. Neste cruzamento, quem trafega pela Eugênio de Souza somente poderá ir sentido Campo d’Água Verde. Quem deseja entrar na Francisco de Paula Pereira terá de usar a rua Major Vieira.

 

 

Confira no mapa abaixo como será a alteração

 

OUTRAS MUDANÇAS

Há intenção do Detracan de liberar a rua Getúlio Vargas também para mão dupla. “Vamos mudar aos poucos porque depois de mudado, complica para voltar ao que era antes”, explica Witt, para quem a mão única na Getúlio Vargas foi uma mudança que não deu certo, por concentrar todo o trânsito tanto para quem vai para o centro quanto para quem vai para o Campo d’Água Verde, distrito mais populoso de Canoinhas. A mudança de mão dupla para mão única também foi feita durante o governo Beto Faria.

 

 

Witt frisa que os problemas do trânsito de Canoinhas, no entanto, não se resumem a mudanças nas vias. Em 2009, afirma ele, Canoinhas tinha 17 mil veículos cadastrados no Detran, hoje tem 38 mil veículos. “A média é de quase um veículo por habitante. Canoinhas está crescendo e o trânsito mostra esses reflexos”, diz Witt. Canoinhas tem hoje 54 mil habitantes, média de um carro para cada 1,4 habitante.

 

 

 

 





Deixe seu comentário: