Renato Pike diz que não é contra vinda do Superpão e que recado de Passos não foi para ele


Pike com diretores da Brasnile/Divulgação

Prefeito Beto Passos criticou quem vê como negativa a vinda da rede para Canoinhas

 

 

EU NÃO

Vice-prefeito Renato Pike (PL) negou que o recado do prefeito Beto Passos (PSD) na tribuna da Câmara na volta do recesso na segunda-feira, 5, tenha sido para ele. “Eu estava lá na Câmara e, inclusive, fomos jantar depois”, disse se referindo a Passos.


 

 

 

Pike disse que foi mal interpretado na fala durante o programa Repórter 98, da 98FM. “O que eu disse é que eu vou continuar a comprar nos supermercados que eu já compro, que já estão aqui em Canoinhas, isso não quer dizer que sou contra o Superpão”, afirmou.

 

 

 

 

“Não sou contra o investimento. Sou cliente do Bom Dia e do Bruda, e vou continuar comprando nestes supermercados, mas em momento algum eu disse que sou contra o qualquer investimento”, frisou Pike.

 

 

 

O vice-prefeito disse ainda que se reuniu nesta segunda-feira, 5, com empresários da Brasnile, que reafirmaram o investimento em Canoinhas. A empresa arrematou em leilão o espólio da Empresa Fuck, mas pedido de falência da Fuck travou o processo de encampamento do parque industrial no bairro Industrial número 1.

 

 

 

 

 

CADÊ?

Os grupos de voluntários que ajudam animais em situação de risco em Canoinhas têm encontrado dificuldades para acionar os serviços remunerados pelo Município de um terceirizado habilitado para recolher animais de grande porte das ruas da cidade. Eles relatam que fora do horário de expediente ligam insistentemente para os números do responsável e nada. Por vezes, o cidadão atende o telefone somente no dia seguinte, quando os grupos já tomaram alguma providência.

 

 

 

 

 

NÃO PODE

A prefeitura informa que existe um contrato para recolhimento de animais de grande porte que possam causar insegurança no trânsito. Em horário de expediente da prefeitura, quem tiver problemas com animais de grande porte deve ligar para 3621 7735. Em outros horários, 3627 3007 ou 9 8896 0970. Em caso de maus tratos de animais, tem que acionar o 190 ou Polícia Militar Ambiental.

 

 

 

Em casos como estes, relatados pelos grupos, quando se liga e ninguém atende, “seria interessante formalizar denúncia na ouvidoria do município”, orienta o Município.

 

 

 

 

 

MAUS TRATOS

Falando em maus tratos a animais, o Executivo deve mandar ainda nesta semana à Câmara o projeto que proíbe o trânsito de veículos com tração animal pelo Município.

 

 

 

PEDIDO

Prefeito de Major Vieira, Orildo Severgnini (MDB) fez um pedido ao governador Carlos Moisés da Silva (PSL) para que intervenha junto ao Deinfra para aumentar a velocidade máxima para circular pela SC-477. Hoje é de 60 KM por hora. Ele pede que se aumente para 80 KM por hora.

 



 

 

 

“O nariz do prefeito é que está mais próximo do dedo do povo”

frase do prefeito Orildo Severgnini, também dita a Moisés para justificar a importância de se liberar recursos para os prefeitos

 

 

 

 

CAIXA

O Estadão mostrou na semana passada que só 2% dos recursos da Caixa para financiamento são destinados aos Municípios do Nordeste. Ontem o mesmo jornal trouxe reportagem que mostra que 46% do crédito da Caixa vão para o Sul. Canoinhas está entre os Municípios contemplados recentemente com R$ 19,5 milhões de financiamento para obras de pavimentação.

 

 

 

 

 

NO ESCURINHO

Levantamento feito pelo jornal O Globo mostra que dos filmes nacionais lançados em 2018 apenas três foram proibidos para menores de 18 anos. Ao contrário do que diz o presidente Jair Bolsonaro, houve mais obras com temática religiosa do que sobre prostituição.

 

 

 

 

 

137%

foi o aumento do número de brasileiros vivendo em Braga, em Portugal, nos últimos dez anos

 

 

 

 

 

TEORIA DO PNEU MURCHO

Se há mesmo uma estratégia de Jair Bolsonaro em forçar a radicalização para governar ancorado no um terço ultraconservador da população, ela embute altos riscos, observa um analista de pesquisas ouvido pela Coluna do Estadão do jornal O Estado de S.Paulo. É possível governar com apenas 30% de apoio? Sim, como é possível rodar com um pneu murcho; mas em qual velocidade, a que custo e até onde? No ritmo em que o presidente consome capital político, se os índices de reprovação superarem 45%, a viagem até 2022 poderá depender em larga medida de um milagre de Paulo Guedes e da simpatia do Congresso.

 

 

 

 

 

PIB DA DOENÇA

Na contramão do PIB nacional, o setor de saúde cresce exponencialmente no Brasil.

 

 

 

Os prestadores de serviços de saúde (hospitais, clínicas, laboratórios, médicos e etc.) respondem por 16% dos 408.500 postos de trabalho formais gerados no país no primeiro semestre, segundo levantamento da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde). O setor fechou o período com saldo positivo de 65.184 empregos,  um Maracanã. É o melhor resultado do setor nos últimos 18 anos.

 

 

 

 

 

34

doações de órgãos foram registradas em julho em SC





Deixe seu comentário: