terça-feira, 5

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

QUINTA, 23/6: Prisão de ex-ministro da Educação e aborto imediato para menina de Santa Catarina em destaque

Últimas Notícias

- Ads -

23 de junho de 2022

A Polícia Federal prendeu o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro por suspeita de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência no MEC. Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, que comandavam um gabinete paralelo na pasta e pediam propina em troca de liberação de verbas, também estão presos. O caso foi revelado pelo Estadão em março. O advogado do ex-ministro disse que a PF identificou um depósito de R$ 50 mil na conta bancária da mulher de Ribeiro feito por parentes de Arilton. A defesa liga o valor à venda de um carro. Em março, Bolsonaro disse que colocaria “a cara no fogo” por Ribeiro. Ontem, afirmou que “se a PF prendeu, tem motivo”.

Folha de S.Paulo

O Estado de S.Paulo

O Globo