quarta-feira, 27

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

QUINTA, 15/7: Com obstrução intestinal, presidente Jair Bolsonaro é internado em São Paulo

Últimas Notícias

- Ads -

15 de julho de 2021

O Globo

Bolsonaro é transferido para SP com obstrução intestinal

O presidente Jair Bolsonaro chegou às 19h37 desta quarta-feira ao Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo. É esperado que o presidente faça exames complementares para definir se há ou não necessidade de uma cirurgia de emergência. Na ambulância, ele estava acompanhado pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Na madrugada desta quarta-feira, Bolsonaro deu entrada no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, onde foi constatada uma obstrução intestinal. Segundo boletim médico, é decorrente da facada que ele levou durante a campanha presidencial de 2018.

A transferência ocorreu após o cirurgião Antonio Luiz de Macedo, que operou o presidente em 2018 após a facada, ter constatado uma obstrução intestinal. Bolsonaro foi levado na madrugada desta quarta para o HFA, em Brasília, após ter sentido dores no abdômen. Há mais de dez dias ele vinha reclamando de soluços persistentes.



  • Cai ocupação de UTI, mas Fiocruz pede cautela
  • Europa anuncia primeiro plano de transição à economia verde
  • Proposta da tributária tem outra reviravolta


O Estado de S. Paulo

Bolsonaro é internado em São Paulo com obstrução intestinal

O presidente Jair Bolsonaro foi internado na noite de ontem no hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, após ser diagnosticado, em Brasília, com obstrução intestinal. Ele havia sido levado para o Hospital das Forças Armadas após se queixar de fortes dores no abdome. O médico Antônio Luiz Macedo, responsável por operar o presidente em setembro de 2018, quando Bolsonaro foi ferido a faca, decidiu pela transferência após analisar o quadro clínico. Nota divulgada à noite, após exames, informou que os médicos optaram por um “tratamento clínico conservador”, inicialmente sem a necessidade de cirurgia. Em mensagem no Twitter, no momento em que seu governo enfrenta crise política, o presidente escreveu que sua situação é “consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao PSOL”, legenda que descreveu como “braço esquerdo do PT”.




  • Nova proposta de IR tira até R$ 27 bi de governos
  • Amazônia já tem áreas que emitem mais CO2 do que absorvem
  • Após vacina, mortes de hospitalizados caem 46%



Folha de S. Paulo

Com obstrução intestinal, Bolsonaro é internado em SP

Com quadro de obstrução intestinal, o presidente Jair Bolsonaro foi levado de Brasília para São Paulo nesta quarta-feira (14). A equipe médica vai avaliar a necessidade de uma cirurgia de emergência após a realização de exames mais detalhados.

A ambulância com o presidente chegou ao hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, às 19h37. O comboio presidencial partiu do aeroporto de Congonhas, onde a comitiva desembarcou.

O hospital ainda não divulgou informações sobre o estado de saúde do paciente nem detalhou os próximos passos. Até o início da noite, a situação na região era tranquila, sem a presença de grupos de apoiadores ou manifestantes.

Bolsonaro, que chegou em uma UTI móvel, é atendido por uma equipe comandada pelo médico Antonio Macedo. Ele operou o presidente em setembro de 2018, quando Bolsonaro levou uma facada no abdômen durante ato de campanha.

Pela manhã, Bolsonaro foi internado no HFA (Hospital das Forças Armadas), na capital federal. A transferência foi decidida após a avaliação de Macedo, que foi chamado a Brasília.




  • Capital confirma circulação da variante delta
  • Mortalidade por covid caiu 46% em São Paulo com avanço da vacinação, diz Doria
  • Pela 1ª vez, maioria vê pandemia sob controle