quinta-feira, 23

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Queda de 4,1% no PIB, novo recorde de mortes por covid-19 e aprovação de novo auxílio emergencial em destaque nesta quinta

Últimas Notícias

- Ads -

4 de março de 2021

 

 

Folha de S.Paulo

SP terá fase vermelha, e país perde mais 1.840 em 24 horas

O Brasil mais uma vez bateu o recorde de mortes registradas em um único dia, com 1.840 óbitos. Além disso, pelo quinto dia consecutivo, o país tem recorde na média móvel de mortes, 1.332.

O país já está há 42 dias seguidos com média móvel acima de 1.000.

O recorde de mortes anterior ocorreu na terça: 1.726 óbitos, no maior salto da pandemia.

 

 

 

 

  • Pacientes vão à Justiça para obter leitos intensivos
  • Hospital no RS registra 142% de lotação em UTI
  • Sob pandemia, PIB cai 4,1% em 2020 e sofre maior queda em 30 anos
  • Para Bolsonaro, tombo menor que previsto é ‘dado positivo
  • Governo decide comprar vacinas de Pfizer e Janssen
  • Não vejo prosperar frente com Ciro, diz Jaques Wagner
  • Professores viram alvo por desapreço ao presidente
  • Brasil éo2º com mais barreiras de entrada no exterior

 

 

 

 

 

O Estado de S.Paulo

PIB cai 4,1% em 2020; País deixa grupo de 10 maiores economias

O Produto Interno Bruto (PIB) fechou o ano passado com queda de 4,1%. O resultado foi o terceiro pior desde 1901, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, atrás apenas das retrações de 1981, em meio à crise da dívida externa, e de 1990, ano do confisco das poupanças pelo governo Collor. A queda de 4,8% no PIB per capita foi a maior da série histórica do IBGE, iniciada em 1996. Indicadores recentes apontam que a economia, após uma retomada no final de 2020, desacelerou nos primeiros meses de 2021, com o agravamento da pandemia e o fim do auxílio emergencial, o que lança dúvidas sobre o ritmo da recuperação neste ano, dizem especialistas. O desempenho ruim confirmou a saída do País do grupo das dez maiores economias do mundo. O Brasil agora ocupa a 12.ª posição.

 

 

 

 

 

  • Com recorde de 1,8 mil mortes em 24h, Brasil compra doses da Pfizer
  • Senado aprova texto-base da PEC do auxílio emergencial
  • MEC ameaça punir fala política em universidade
  • Rever improbidade pode favorecer 1/3 de comissão
  • Militares matam 38 em protestos em Mianmar

 

 

 

 

 

 

 

O Globo

Com 1.840 mortes e pouca vacina, cidades fecham comércio e esvaziam

 

 

 

 

 

 

 

  • Superexposição ao vírus é confirmada por dados de celular
  • PIB cai 4,1% e tem o 3º pior resultado desde os anos 1980
  • Auxílio: PEC com valor de R$ 250 avança no Senado