Princípio de rebelião deixa estragos no Presídio Regional de Mafra


Presídio de Mafra/Riomafra Mix

Fato aconteceu no dia 19, porém, foi divulgado somente nesta segunda

 

 

 

O Presídio Regional de Mafra sofreu na tarde do dia 19, por volta das 15h, um princípio de rebelião.

 

 

Segundo a direção da unidade, devido a intensa demanda de trabalho enfrentada pelos profissionais, o fato foi comunicado à imprensa somente na noite desta segunda-feira, 27, já que havia muitos questionamentos por parte de vizinhos e familiares dos detentos.

 

 

 

Ainda de acordo com a administração do presídio, o princípio de subversão a ordem teve como motivo um desentendimento entre detentos de distintas galerias.

 

 

Apesar da curta duração – apenas 10 minutos – a rebelião deixou várias consequências na unidade. Entre elas, a danificação de portas e materiais entregues aos internos há menos de um mês, como colchões, chinelos, materiais de higiene, cobertores entre outros.

 

 

Uma equipe de apoio do Departamento de Administração Prisional (DEAP) foi acionada para controlar o motim e realizar uma operação pente fino na unidade.

 

 

Os detentos tiveram benefícios suspensos e foi lavrado um Boletim de Ocorrência por danos ao patrimônio público.

 





Deixe seu comentário: