PRF recupera Renault Master furtado, clonado e com placas falsas na 116


Vários sinais identificadores do veículo tinham sido adulterados/Divulgação/PRF

Veículo estava ainda carregado de cigarros contrabandeados

 

 

 

Nesta quinta-feira, 30, por volta de 18h45, policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de combate ao crime na região de Mafra, na BR 116, divisa de Santa Catarina e Paraná e receberam denúncia de que um Renault Master branco, clonado e furtado, estaria vindo de Curitiba para Mafra.

 

 

 

No pedágio de Rio Negro (PR), na BR 116, antes do veículo entrar em Santa Catarina, os policiais rodoviários o abordaram. O motorista estava sozinho e os policiais encontraram dentro do veículo 30 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai.

 

 

O veículo estava com placa de Joinville (SC). Após fiscalização minuciosa no veículo, os policiais rodoviários confirmaram que vários sinais identificadores do veículo tinham sido adulterados e o veículo era, na verdade, de Rio do Sul (SC) e tinha sido furtado no dia 5 de fevereiro deste ano.

 

 

 

Considerando que a abordagem ocorreu ainda no Paraná e que foram praticados, em tese, os crimes de contrabando e furto ou receptação de veículo e adulteração de sinais identificadores do veículo, o motorista foi preso e conduzido para a Polícia Federal de Curitiba.

 

 





Deixe seu comentário: