Prefeitos da microrregião de Canoinhas adotam novas medidas restritivas


Reunião na qual o decreto foi anunciado na segunda/Divulgação

Medidas serão válidas para os municípios de Canoinhas, Três Barras, Bela Vista do Toldo e Major Vieira

 

 

 

Os prefeitos  de Canoinhas, Beto Passos (PSD); de Três Barras, Luiz Shimoguiri (PSD); de Major Vieira, Orildo Severgnini (MDB); e de Bela Vista do Toldo, Adelmo Alberti (PSL), se reuniram com promotores de Justiça da comarca, representantes dos hospitais, técnicos das Secretarias de Saúde e Polícia Militar, nesta segunda-feira, 27, para discutir o aumento do número de casos de covid-19 e a situação da pandemia na microrregião de Canoinhas. Em menos de 24 horas três pacientes morreram na ala covid-19 do Hospital Santa Cruz, que está operando acima da capacidade nesta segunda.

 

 

Em entrevista coletiva pelo Facebook da Prefeitura de Canoinhas,  Passos anunciou as novas medidas que devem valer para os quatro municípios.

 

 

 

 

Estão suspensas por 14 dias a partir desta quarta-feira, 29, as seguintes atividades:

 

 

 

 

  • Eventos esportivos, competições esportivas e atividades coletivas da iniciativa pública e privada (futebol, vôlei, bocha, sinuca, baralho, padel, basquete, entre outras);

 

 

 

  • Atividades em cinemas, teatros, casas noturnas, museus, bem como a realização de eventos, shows e espetáculos que acarretam reunião de público;

 

 

 

  • Festas populares até o dia 31 de dezembro;

 

 

 

 

  • Academias, tanto em ambientes fechados quanto ao ar livre;

 

 

  • Festas e eventos como aniversários, casamentos e outras celebrações;

 

 

  • Acesso a espaços públicos como praças, o Largo do Centenário e beiras de rio (pesca);

 

 

  • Aulas presenciais, tanto no setor público como no privado, por tempo indeterminado.

 

 

 

 

 

Ficam alteradas as seguintes atividades:

 

 

 

  • Idosos acima de 60 anos terão permitidos somente o acesso a serviço essenciais, como consultas médicas, farmácias e mercados;

 

 

  • Nos estabelecimentos que comercializam gêneros alimentícios (mercados, mercearias e supermercados), recomenda-se: (1) a limitação do acesso a apenas uma pessoa por família. Proibição de acesso de crianças menores de 12 anos; e (2) a redução da capacidade de entrada de pessoas em no mínimo 50% do limite permitido;

 

 

 

  • Fechamento dos mercados aos domingos para desinfecção dos locais;

 

 

 

  • Restaurantes / pizzarias – funcionamento até as 20h, sendo permitido atendimento à la carte e bufê. Após as 2oh o atendimento é restrito apenas para sistema delivery (tele-entrega).

 

 

  • Bares e lanchonetes terão atendimento limitado a 8 às 18h, sem possibilidade de permanência do cliente no local. Esses estabelecimentos deverão fechar aos sábados e domingos.

 

 

 

A fiscalização do cumprimento das medidas será por parte do Poder Público Municipal, podendo contar com o apoio da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros.

 

 

 

 

 

MULTAS

Passos anunciou ainda que haverá multa para os estabelecimentos que não cumprirem as novas normas. Na primeira fiscalização o estabelecimento em desacordo será multado em R$ 250 e em caso de reincidência o valor será de R$ 500, podendo também levar à suspensão da atividade por 10 dias ou até a suspensão do funcionamento do local. Passos relatou também que haverá multa para cidadãos que não fizeram o uso de máscara que será de R$ 50, e de R$ 100, caso a pessoa seja flagrada novamente sem máscara.

 

 

 

Além dessas novas restrições, os estabelecimentos deverão também manter o uso de máscara, álcool gel e o distanciamento entre pessoas.





Deixe seu comentário: