quinta-feira, 16

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Preço de matérias-primas sobe 40%, STF manda governo abrir leitos de UTI e gastos com pandemia em destaque nesta segunda

Últimas Notícias

- Ads -

1º de março de 2021

 

 

Folha de S.Paulo

Governo não usa R$ 80 bi, e gasto no pico da crise é lento

Para conter o avanço da Covid-19 e os efeitos do vírus na economia, o governo liberou R$ 604,7 bilhões no Orçamento em 2020, segundo o Tesouro Nacional. Parte do dinheiro, porém, ficou parada –ou seja, não foi usada. No ano passado, o montante represado chegou a R$ 80 bilhões.

Os gastos de algumas medidas lançadas em 2020 puderam ser estendidos para este ano, mas em valor mais baixo. Cerca de R$ 37,5 bilhões dessa sobra ainda podem ser desembolsados em 2021. Mas, até agora, passados os primeiros dois meses do ano, mais de 90% desses recursos permanecem estacionados.

As áreas com maior empoçamento de recursos, no ano passado e no início de 2021, foram o pagamento de auxílio emergencial, a verba para a saúde (inclusive para aquisição de imunizantes) e o programa de corte de jornada e de salários dos trabalhadores da iniciativa privada.

 

 

 

 

 

 

 

  • Médico relatam mais pacientes jovens em UTIs
  • Trump insinua concorrer à Casa Branca em 2024
  • Lira quer votar ampla reforma política-eleitoral
  • Bolsonaro emite erros e põe a culpa nos governadores

 

 

 

 

 

 

O Estado de S.Paulo

Preço de matérias-primas sobe 40% e favorece Brasil

As cotações em dólar das 19 principais commodities agrícolas, metálicas e de energia subiram, em média, 40% desde abril do ano passado, movimentação que abre boas perspectivas para o Brasil, um dos principais fornecedores mundiais de produtos que entram nessa conta, como soja, milho e minério de ferro. Os preços atuais são reflexo da recuperação econômica no mundo após período mais agudo da pandemia – e em especial na China –, mas ainda estão 16,1% abaixo do pico registrado em 2011. Ainda não está claro se um novo “superciclo” das matérias-primas, como aquele iniciado na primeira década dos anos 2000, se repetirá agora, mas o País já viu as exportações de minério de ferro subirem 20,3% no ano passado e a renda no campo aumentar quase 40%. Analistas, no entanto, alertam para o perigo de o Brasil aproveitar o cenário favorável para adiar reformas necessárias.

 

 

 

 

 

 

 

  • STF manda Saúde bancar leitos de UTI em 3 Estados
  • ‘Pacheco terá teste com CPI da covid’, diz Tasso
  • Desilusão e crise afastam mais jovens da política
  • ‘Elefante branco’ da Petrobrás em Camaçari

 

 

 

 

 

 

O Globo

Com país à beira do colapso, STF manda governo abrir leitos

 

 

 

 

  • Pacote fiscal de Paes prevê economia de R$ 8,2 bi
  • Bolsa Família tem valor defasado e fila de espera
  • Condição jurídica de Lira gera impasse
  • Bolsonaro começa rota para 2022 por viagens ao interior
  • Passado presente: livro e exposição revisitam o Rio
  • Trump reaparece e diz que novo partido é ‘notícia falsa’
  • Domingo de luto em Mianmar