terça-feira, 26

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Prazo de 10 semanas para 2ª dose da Astrazeneca é mantido no Estado

Últimas Notícias

- Ads -

Mais de 214 mil doses foram encaminhadas às regionais para aplicação de 2ª dose nesta semana

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou que para organizar o processo de vacinação e evitar atrasos na aplicação da segunda dose (D2) da vacina AstraZeneca, desde o dia 5 de julho, os municípios podem antecipar o agendamento da D2 para um período a partir de 10 semanas da primeira dose, com limite máximo de 12 semanas.



Para isso, o estado fez a distribuição de mais 214.500 doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz às 17 centrais regionais estaduais para aplicação da segunda dose (D2) na última segunda, 12. Todos os 295 municípios catarinenses serão contemplados com esta remessa.



O diretor da Dive/SC, João Augusto Brancher Fuck, reforça a importância de completar o esquema vacinal com as duas doses da vacina. “Apenas depois da segunda dose é que se cria uma imunidade contra a doença. Se as pessoas não procuram a dose dois, elas acabam não alcançando uma proteção adequada e contribuem para manter o vírus circulando em Santa Catarina”, ressalta o diretor.



Levantamento realizado pela Secretaria de Saúde de Santa Catarina, na última segunda, 12, aponta que 85.629 pessoas não retornaram, no tempo adequado, para tomar a segunda dose da vacina. Deste total, 47.026 são de pessoas vacinadas com a CoronaVac e 38.603 de pessoas vacinadas com AstraZeneca. Os dados são do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SiPNI), do Ministério da Saúde.