domingo, 19

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Policial tem fratura grave no braço após conter participante em festa

Últimas Notícias

- Ads -

Ele passará por uma cirurgia

 

 

Na noite deste sábado, 7, a Polícia Militar de São Mateus do Sul foi chamada na rua Maria Paulina Wolter, no bairro Vila Prohmann, em São Mateus do Sul, para uma situação de perturbação ao sossego. Nos fundos do endereço havia uma casa em que os proprietários estariam promovendo uma festa.

 

 

 

Segundo a Polícia Militar (PM), no local foi constatado um grande número de pessoas e a algazarra com o som alto. As viaturas ficaram em frente fazendo sinais sonoros, momento que uma criança viu os policiais e avisou os demais participantes da festa que a equipe estaria ali, momento em que o som parou.

 

 

 

Ainda de acordo com a PM, mesmo sem o som alto, os participantes não acataram a solicitação da equipe para que o responsável comparecesse para ser orientado pela equipe. Em determinado momento uma mulher e um homem, com aparência alterada e agressiva, começaram a xingar os policiais. Mesmo com os policiais repassando as orientações, principalmente sobre o decreto, os xingamentos continuaram, segundo eles.

 

 

 

Diante da situação, foi dado voz de prisão aos envolvidos responsáveis pelos xingamentos e solicitado que um outro envolvido saísse da residência, momento em que ele disse que ninguém entraria ali. Os policiais precisaram pular o portão. Um dos policiais teria sido puxado por um dos participantes da festa. Ele caiu e teve o braço direito quebrado.

 

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, o autor da agressão é lutador de artes marciais. Com a lesão grave, a mulher que estava na frente do local teria iniciado xingamentos racistas contra o policial machucado. O outro policial de imediato conseguiu auxiliar seu companheiro e o conduziu com a viatura policial até o Pronto Atendimento para ser atendido.

 

 

 

Foi solicitado o apoio de mais viaturas no local para conter os participantes da festa. Um dos acusados teria entrado em luta corporal golpeando com chutes e socos os policiais. Ele fechou a porta prendendo a mão esquerda de outro policial. Em seguida, o homem foi imobilizado e foi encaminhado até a Delegacia.

 

 

 

No local também foi encontrado uma bucha de cocaína e uma nota de R$ 2 enrolada em forma de canudo. Os envolvidos foram levados até a Delegacia. Uma das envolvidas também  é acusada de ter desferido um chute contra um policial. O policial que teve o braço fraturado permanece internado no Hospital Doutor Paulo Fortes para realização de cirurgia.